21.3 C
Rio Branco
28 maio 2022 12:21 am

Educação realiza formação para professores e gestores indígenas

A formação para os professores indígenas está transcorrendo no município de Feijó, para as etnias Huni-Kui, Shanenawa e Ashaninka

POR AGÊNCIA AC, NOTÍCIAS DO ACRE

Última atualização em 11/05/2022 14:35

Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio do Departamento de Educação Escolar Indígena está realizando formações para professores e gestores das escolas indígenas do Acre, visando o início do ano letivo de 2022. As formações se iniciaram no município de Manoel Urbano, com os Madija.

Nesta quarta-feira, 11, a formação para os professores indígenas está transcorrendo no município de Feijó, para as etnias Huni-Kui, Shanenawa e Ashaninka. Para as próximas semanas, informa o chefe do Departamento Escolar Indígena, Charles Falcão, as formações serão ministradas também nos municípios de Tarauacá e Assis Brasil. “Pretendemos chegar a todos os municípios”, afirma.

Em Feijó, em torno de 123 professores e gestores das escolas indígenas participam da I Jornada Pedagógicas de Práticas Interculturais. As formações se dão tanto no auditório do campus da Universidade Federal do Acre (Ufac) no município, quanto no polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB).

De acordo com o professor Everly Damasceno, coordenador do núcleo da SEE em Feijó, a formação dos professores indígenas era um sonho desde 2019. “Tínhamos esse planejamento de realizar uma formação que abarcasse todos os professores indígenas aqui de Feijó”, destacou.

Os professores e gestores que participam da formação da educação indígena em Feijó estão distribuídos em 38 escolas de várias aldeias e de quatro etnias diferentes. “Estamos felizes em poder participar de um momento tão importante para a educação escolar indígena”, disse Everly.

Formação escolar também será ministrada em todos os municípios onde há escolas indígenas. Foto: Núcleo da SEE/Feijó.

Na formação, os professores têm a oportunidade de esclarecer dúvidas relativas ao ensino e podem aprimorar suas práticas pedagógicas. Além disso, podem ainda compartilhar tudo o que for necessário para oferecer uma educação de qualidade aos alunos indígenas.

“Só temos a agradecer imensamente ao governo do Estado e à Secretaria de Educação por proporcionar esse momento tão importante, porque nos encaminhou técnicos para nos auxiliar nessa importante empreitada”, destacou Everly.

Além da formação aos professores realizada na zona urbana, o núcleo da SEE em Feijó também deslocará, a partir do dia 20, sexta-feira, uma equipe para realizar a formação dos professores que residem nas localidades de difícil acesso, sobretudo os das etnias Madija e Ashaninka.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.958 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.