22.3 C
Rio Branco
26 junho 2022 9:31 pm

Em Brasília, governo busca fechar detalhes e concluir as obras do aeródromo de Tarauacá

A reunião foi realizada com integrantes da Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura

POR ASCOM

Última atualização em 20/05/2022 10:01

O diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagens (Deracre), Petrônio Antunes, e o representante do governo do Acre em Brasília, Ricardo França, reuniram-se, nesta quinta-feira, 19, no Ministério da Infraestrutura. O objetivo foi tratar das providências para agilizar a instalação do balizamento da pista de pouso do município de Tarauacá e concluir as melhorias que o governo está realizando no aeródromo daquele município.

A reunião foi realizada com integrantes da Secretaria Nacional de Aviação Civil do Ministério da Infraestrutura, incluindo o diretor de Outorga e Patrimônio, John Weber Rocha, e o coordenador-geral de Investimentos, Guilherme Afonso.

Balizamento é a iluminação da pista de pouso para permitir pouso e decolagem de aviões durante a noite. Petrônio e Ricardo explicaram a importância do serviço para a população do interior do Estado. “O balizamento permitirá concluir as melhorias que o governo já vem fazendo naquele aeródromo, para oferecer infraestrutura adequada e segurança para a população”, explicou Petrônio.

Conforme o diretor-presidente do Deracre, entre os serviços de melhorias no aeródromo o governo do Estado já realizou a revitalização da pista de pouso, “que estava deteriorada e recebeu, inclusive, camada asfáltica”; está concluindo o cercamento do local com alambrado, “para evitar a entrada de animais e acidentes durante pouso e decolagens de aeronaves”; além da reforma e modernização do terminal de passageiros. Esses serviços, explicou, abrangem desde a instalação de locais de acessibilidade, troca do telhado e reforma dos banheiros à readequação de guichês de passageiros.

“Agora precisamos instalar o balizamento da pista de pouso para entregar a obra completa, oferecendo mais segurança e conforto aos passageiros”, explicou Petrônio Antunes.

O representante do governo em Brasília, Ricardo França, lembrou que, assim como está fazendo na pista de pouso de Tarauacá, o governo já realizou melhorias e modernização em outros aeródromos, como dos municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo.

“A melhoria dos aeródromos do interior do estado é um compromisso do governador Gladson Cameli. O governo vem investindo recursos próprios nessas obras para encurtar distâncias, facilitar e agilizar a locomoção da população, permitindo salvar vidas, inclusive em momentos de emergência durante a noite”, afirmou.

Ricardo França explicou que, com os investimentos nos aeródromos, o governo promove a integração e cumpre o compromisso de tirar o estado do isolamento, inclusive via transporte aéreo. Ele disse que melhorar e iluminar pistas de pouso e promover a infraestrutura necessária nesses locais significa mais do que obras.

“Isso significa tirar o Acre do isolamento e da escuridão também via aérea e democratizar o acesso ao transporte, com a inclusão da população do interior e dos locais mais distantes, que tanto precisam e merecem ser vistos, ouvidos e atendidos, como o governo do Estado está fazendo”, concluiu.

Neste sentido, o diretor do Deracre adiantou que também já deu ordem de serviço para a realização de obras semelhantes nas pistas de pouso dos municípios de Xapuri, Manoel Urbano e Feijó. Ele adiantou, inclusive, que, por orientação do governador, foi criada uma diretoria no Deracre para tratar dos aeródromos do estado.

Solução

Os integrantes do Ministério da Infraestrutura ficaram de verificar providências para contribuir com o governo do Acre na viabilização do balizamento e outras iniciativas que resultem na melhoria do aeródromo de Tarauacá.

“O aeródromo de Tarauacá integra o Plano Aeroviário Nacional e é de interesse do ministério contribuir para a melhoria das suas condições de operação”, afirmou John Weber. O coordenador de Investimentos, Guilherme Afonso, cumprimentou o governo do Acre pelas melhorias que vem realizando nos aeródromos do estado e a criação de uma área específica para tratar do assunto.

“Um grande problema que tínhamos em relação aos aeródromos no país era identificar uma equipe de interlocução nos estados. A iniciativa do Acre resolve o problema, facilita e agiliza as parcerias nessa área”, afirmou.

Também participou da reunião o assessor técnico da Representação do Governo do Acre em Brasília, Wellington Castelo, que acompanha as iniciativas que tramitam na capital do País relativas aos aeródromos, sob a orientação do representante Ricardo França.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.087 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.