24.3 C
Rio Branco
10 agosto 2022 1:38 pm

Criança de 8 anos morre soterrada enquanto brincava no interior do Acre

O perito do Instituto Médico Legal esteve no local e, após o término dos trabalhos, o corpo da criança foi encaminhado para a sede do IML

POR ITHAMAR SOUZA, PARA O CONTILNET

Última atualização em 07/07/2022 09:51

Davi Lucas, de 8 anos, morreu após ser soterrado com barro, no final da tarde de quarta-feira (6), no Km 60 da BR-364 na Vila Campina, no Assentamento Bonal, no município de Senador Guiomard, interior do Acre.

Segundo informações de testemunhas, Davi brincava de caçar passarinho com uma baladeira, na companhia de mais duas crianças, próximo a um açude, quando viu as máquinas trabalhando na recuperação do ramal e teve curiosidade e acabou indo brincar no barro que estava sendo usado para fazer a recuperação da estrada.

Davi Lucas, de 8 anos/Foto: Reprodução

Em determinado tempo, ao se distrair com a brincadeira, Davi não percebeu que mais uma carrada de barro estava sendo colocada no ramal e desta vez um caçamba da prefeitura de Senador Guiomard jogou a terra em cima da criança. O motorista não percebeu o acidente e trabalhou normalmente. As crianças que estavam com Davi viram o acidente e correram para chamar os avós do pequeno que estavam próximos e com ajude de voluntários tentaram escavar o barro para salvar o garoto, que não resistiu e morreu no local.

Uma viatura da Polícia Militar do 4° Batalhão do destacamento da Vila Campina atendeu a ocorrência e foi até o ramal e viu a veracidade da informação. A área foi isolada da perícia e via Copom foi comunicada a tragédia.

O perito do Instituto Médico Legal esteve no local e, após o término dos trabalhos, o corpo da criança foi encaminhado para a sede do IML em Rio Branco, onde passará por exames cadavéricos.

O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Senador Guiomard como morte acidental.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.