32.3 C
Rio Branco
17 agosto 2022 7:48 pm

Polícia prende o quarto envolvido em tortura e morte dentro de cemitério em Cruzeiro do Sul

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Última atualização em 20/07/2022 15:35

O quarto envolvido numa sessão de tortura seguida de morte de um dependente químico dentro do Cemitério São João Batista, em Cruzeiro do Sul, em março deste ano, foi preso na tarde desta quarta-feira (20), pela Polícia Civil no município do Vale do Juruá. O nome do preso não foi revelado.

O rapaz torturado e morto foi identificado por Valdenis do Nascimento Marinho, que tinha 18 anos. Ele era suspeito de ter furtado uma certa quantia de entorpecentes pertencente aos homens que o torturaram e o mataram.

Em abril deste ano, a Polícia Civil em Cruzeiro do Sul havia chegado a dois homens que participaram do crime. Os dois foram acusados de sequestrar e torturar o rapaz entre os jazigos do cemitério porque se trata de um local ermo – embora localizado praticamente no centro da cidade – de Cruzeiro do Sul, de onde ninguém escutaria os gritos de desespero ou pedidos de socorro do rapaz mediante a tortura.

O rapaz chegou a ser encontrado ainda com vida e foi levado ao Hospital do Juruá, mas não resistiu e morreu logo em seguida.

O terceiro suspeito foi preso no dia dia 13 de Maio.

De acordo com as investigações da polícia, Nascimento Marinho era usuário de drogas e teria furtado os entorpecentes de membros de uma facção criminosa. Seu sequestro e tortura teria sido uma espécie de justiçamento determinado pelo tribunal do crime.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.