URGENTE: Sargento Nery, do trisal acreano, é expulso da Polícia Militar

Foi publicado na edição do Diário Oficial do Acre, desta quinta-feira (09), a portaria que expulsa o sargento da Polícia Militar, Erison Nery.

No decreto, o Comandante Geral da Polícia Militar do Acre, Coronel Luciano Fonseca, explica que a expulsão é baseada em providências legais.

SAIBA MAIS: Sargento Nery vai a Juri popular e será julgado por pelo menos três crimes

Sargentos da PM assumem trisal com administradora e compartilham rotina nas redes - ISTOÉ Independente

Nery ficou conhecido por fazer parte do trisal/Foto: Reprodução

“Excluir, a Bem da Disciplina, o 3° SGT PM RG 4058 Erisson de Melo Nery das fileiras da Polícia Militar do Estado do Acre/PMAC. Determinar à Chefe da Divisão de Recursos Humanos Militar – DRHM/PMAC, que tome as providências legais e necessárias quanto à devolução do fardamento, da pasta de alterações e da identidade militar do referido 3° SGT PM, remetendo o primeiro para o Almoxarifado e o segundo e terceiro para a DRH/Seção de Identificação, bem como, a restituição dos equipamentos, apetrechos e materiais bélicos pertencentes à Polícia Militar do Acre, sob a cautela do militar”, diz o trecho.

Nery ficou conhecido por participar de um trisal com duas outras mulheres. Além disso, o sargento virou réu por matar um adolescente. O crime aconteceu dia 24 de novembro de 2017, no conjunto Canaã, em Rio Branco, após uma tentativa frustrada de roubo à propriedade do militar.

De acordo com a denúncia do Ministério Público do Acre (MPAC), Nery matou o adolescente, que tinha 13 anos, com pelo menos seis tiros.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost