21 de fevereiro de 2024

PF deflagra nova operação no Acre e prende quadrilha que movimentou mais de R$ 60 milhões

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos municípios de Epitaciolândia/AC, Rio Branco/AC, Goiânia/GO, Senador Canedo/GO e Rondonópolis/MT

Agentes da Polícia Federal estão nas ruas nesta manhã de terça-feira (31) em operações no Acre, Goiás e Mato Grosso contra facções criminosas que agem nos três estados. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão nos municípios de Epitaciolândia e Rio Branco, no Acre, e  Goiânia, Senador Canedo, em Goiás, e  Rondonópolis, no Mato Grosso.

Ao todo, 3 pessoas foram presas no Estado/Foto: ContilNet

A Operação foi chamada de “Matriarca” e é resultado de mandados judiciais expedidos pela 2ª Vara Criminal da Justiça Federal do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Foram cumpridos um mandado de busca e apreensão em Epitaciolândia, dois em Rio Branco, um em Senador Canedo e dois em Goiânia/GO; além de em Nova Xavantina e outro em Rondonópolis, no Mato Grosso.

O nome da operação é uma alusão à quantidade de mulheres envolvidas na dissimulação de valores oriundos do crime. Em 3 anos, os investigados movimentaram mais de 60 milhões de reais.

Os policiais entraram em diversas residências/Foto: ContilNet

A Operação tem como alvos pessoas investigadas pelos crimes de lavagem de capitais, tráfico internacional de drogas e organização criminosa – cujas penas podem chegar a mais de 15 (quinze) anos de reclusão.

A investigação é um desdobramento da Operação “Ganância”,  desencadeada em agosto de 2021, que prendeu um homem apontado como uma das lideranças de uma facção criminosa que atua no Estado do Acre.

A deflagração da operação reforça o compromisso da Polícia Federal de reprimir a criminalidade organizada local, interestadual e internacional, informou a superintendência regional da Polícia Federal no Acre.

PUBLICIDADE