21 de fevereiro de 2024

Com obras espalhadas pelo mundo, Kobra chega em Porto Velho e faz primeiro mural em RO

Ele pintou em países como Espanha, Itália, Noruega, Inglaterra, Malaui, Índia, Japão, Emirados Árabes Unidos,

Um dos nomes mais importantes do muralismo mundial, Eduardo Kobra chegou em Porto Velho (RO) nesta semana e iniciou o primeiro mural na cidade.

Da periferia de São Paulo, o artista tem obras nos 5 continentes. Desde os Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, ele detém o recorde de maior mural grafitado do mundo – primeiro com ‘Etnias’, pintado para celebrar o evento, com 2,5 mil metros quadrados; marca superada por ele mesmo em 2017, com uma obra em homenagem ao chocolate que ocupa um paredão de 5.742 metros quadrados às margens da Rodovia Castello Branco, na Região Metropolitana de São Paulo.

O prédio que receberá a pintura é a sede do Ministério Público de Rondônia/Foto: Redes Sociais

Uma de suas obras mais famosas é ‘O Beijo’, executada em 2012 no High Line, em Nova York. Seu primeiro mural fora do Brasil foi em Lyon, na França, em 2011. Na época, havia sido convidado para ilustrar um paredão de um bairro que passava por processo de revitalização – ou seja, lançou mão de sua vertente Muros da Memória para ajudar na valorização histórica da região. De lá para cá, já pintou em países como Espanha, Itália, Noruega, Inglaterra, Malaui, Índia, Japão, Emirados Árabes Unidos, além de diversas cidades norte-americanas.

Cobra fará uma pintura na sede do Ministério Público de Rondônia. O mural, que se chamará “Brasileiras e Brasileiros”, deve ocupar uma área de 35 (trinta e cinco) metros de altura e quase 7 (sete) metros de largura.

“Obviamente nos preocupamos com toda a parte técnica de luz e sombra, questões de perspectiva, mas o principal é sempre a mensagem que colocamos na pintura: a sociedade, a proteção dos povos indígenas, da floresta, dos mananciais, a defesa da História e da memória. Esse é meu primeiro trabalho no Estado de Rondônia, estou muito feliz por estar aqui, é um grande privilégio e uma grande responsabilidade. Desejo que esta arte aumente a autoestima do morador de Porto Velho e faça com que ele sinta ainda mais orgulho da cidade”, disse Kobra durante coletiva.

PUBLICIDADE