19 de junho de 2024

Confusão entre médica e mãe de criança termina em agressão dentro do Into; Sesacre investiga

A situação aconteceu nesta segunda-feira e a Secretaria de Saúde afirma que será investigado

Na tarde desta segunda-feira (13), uma confusão entre uma mulher, mãe de uma paciente, e uma médica da unidade, acabou em agressão no Hospital da Criança, que funciona no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into).

Vídeos que circulam nas redes sociais mostram o momento após as agressões. Em uma das imagens, mostra a mãe da paciente, com um braço arranhado, acusando a médica de tê-la agredido com a criança ainda nos seus braços, no entanto, testemunhas afirmam que as agressões partiram da mãe contra a médica – de acordo com a assessoria de comunicação da Sesacre.

No vídeo, também é possível ver uma mulher desmaiando, que segundo informações, seria a irmã da mãe da paciente.

Ao ContilNet, o secretário de Saúde, Pedro Pascoal, informou que o caso será investigado. Com relação à criança, a assessoria da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) explicou que já foram feitos diversos exames e não chegou a nenhuma conclusão, mas que a criança será submetida a uma nova bateria de exames para tentar chegar ao diagnóstico.

A situação aconteceu nesta segunda-feira, após a mulher retornar com a filha dois dias depois da menina levar alta da unidade. A menina, chorando muito e, segundo a mãe, com dores intensas, retornou à unidade em busca de ajuda.

Entenda

A mãe e a criança buscam diagnóstico da menina há alguns meses. Nas redes sociais, a mãe já informou a realização de uma vakinha para ajudar a custear a ida para São Paulo, para tentar encontrar um diagnóstico para a filha. Além disso, a menina já passou por diversas internações.

Nesta segunda-feira, a mãe levou a criança ao Hospital da Criança, que funciona no Into, em Rio Branco, para buscar ajuda, pois a menina gritava muito e sentia fortes dores. Segundo a Sesacre, a médica recomendou um remédio em gotas, para acalmar as dores da criança que chorava muito, mas a mãe não aceitou a recomendação e, nesse momento, teria iniciado a confusão entre as duas mulheres dentro da unidade de saúde.

Veja os vídeos que circularam nas redes sociais:

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost