17 de junho de 2024

Mãe de criança autista denuncia atendente de loja: “Disse que era bomba”

Uma mãe de uma criança autista acusa uma funcionária da Loja Riachuelo de preconceito durante atendimento no estabelecimento que fica no Shopping Boulevard, em Feira de Santana, a cerca de 120km de Salvador. O caso aconteceu na noite desta quinta-feira (16) e um vídeo foi registrado pela mãe da criança. As imagens foram divulgadas nas redes sociais.

O site Alô Juca conversou com Karla Gurgel, mãe da criança. Ela contou que entrou na fila preferencial e foi solicitado por uma atendendo que fosse para outro caixa vazio. “Meu filho é autista e começou a ficar agitado. A primeira atendente disse para eu ir no outro caixa que estava vazio. Ao chegar no outro caixa, meu filho largou minha mão e saiu correndo. Eu voltei e realizei o pagamento. Na hora que estava saindo, a segunda atendente gritou para a colega não mandar mais bomba para ela. Isso me deixou indignada”, disse Karla, mãe de duas crianças.

O caso gerou revolta nas redes sociais. Outras mães de criança autista compartilharam o vídeo. Kátia informou que vai na delegacia de Feira de Santana registrar uma queixa e depois deve seguir para o Shopping Boulevard para fazer o registro no livro de ocorrência. O site não conseguiu localizar a vendedora citada para buscar esclarecimentos e por isso borrou a imagem dela. A Loja também está sendo procurada para prestar esclarecimentos.

Veja o vídeo:

 

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost