21 de fevereiro de 2024

No Dia dos Finados, Bocalom fala sobre perdas de filho e esposa: “É o ciclo da vida”

“É um dia que te faz refletir sobre a vida, sobre a história daqueles que se foram”, disse

Os 4 cemitérios públicos de Rio Branco devem receber mais de 50 mil pessoas durante todo a quinta-feira (2), Dia dos Finados, das 07h às 17h. O prefeito Tião Bocalom (PP) visitou os cemitérios municipais da capital e ao ContilNet, lembrou de perdas de entes importantes e destacou o significado da data.

SAIBA MAIS: FOTOS: movimentação é intensa em cemitérios de Rio Branco; público deve ultrapassar 50 mil

Tião Bocalom, prefeito de Rio Branco, lembra perdas de familiares. Foto: Juan Diaz/ContilNet

“O dia dos finados para mim é marcante. Eu perdi um filho de 12 anos de idade com leucemia. Depois perdi a minha esposa. E agora ultimamente, meu pai com quase 100 anos de idade. Mas é o ciclo da vida. Uns vão mais cedo e outros mais tarde. É a vontade do Pai”, disse o prefeito.

“É um dia que te faz refletir sobre a vida, sobre a história daqueles que se foram”, completou.

Bocalom esteve no Cemitério São João Batista neste Dia de Finados. Foto: Juan Diaz/ContilNet

A Prefeitura organizou os cemitérios públicos com toda uma infraestrutura de banheiros químicos, água mineral e monitoramento eletrônico, que estará disponível para a população. Foi providenciado também um mutirão de limpeza nos cemitérios ter sido realizado nas últimas semanas.

Bocalom disse que desde que assumiu a Prefeitura de Rio Branco, vem trabalhando na manutenção dos cemitérios municipais da capital. “Todos eles são limpos, cuidados para que a população possa chegar e se sentir bem aqui dentro”.

PUBLICIDADE