13 de abril de 2024

Acreanos que estão foragidos no RN fizeram família refém e polícia espera encontrá-los em poucas horas

A família disse aos investigadores que eles estariam com as roupas bem sujas e com a camiseta do presídio

Os dois detentos acreanos, que fugiram do Presídio de Segurança Máxima de Mossoró na última quarta-feira (14) ainda seguem sendo procurados pelas autoridades de segurança. Segundo investigações, eles fizeram uma família refém na noite desta sexta-feira (16).

VEJA TAMBÉM: Nomes de acreanos foragidos no RN já constam na Interpol; confira detalhes

Segundo informações, eles teriam se alimentado e saído do local cerca de quatro horas depois, com um celular e mantimentos. Aos investigadores, a família disse, ainda, que eles estariam com as roupas bem sujas e com a camiseta do presídio.

Os dois fugitivos foram transferidos do Acre em 2023/ Foto: Cedida

As buscas por Deibson Cabral Nascimento, de 33 anos, e Rogério da Silva Mendonça, de 35, já entram no quarto dia. A expectativa é que sejam localizados nas próximas horas, pois tudo indica que ainda estão dentro no cerco de 15 quilômetros do local do presídio, onde os agentes concentraram as buscas.

CONFIRA: Foto inédita mostra buraco por onde acreanos fugiram de presídio federal; buscas continuam

Saiba mais sobre o caso

Durante a madrugada, as equipes de busca encontraram no meio do mato, zona rural de Mossoró, pegadas, peças de roupas e lençol. Segundo os policiais, os itens foram furtados na mesma noite da fuga, quarta-feira (14), de uma casa que fica a 7 quilômetros do presídio.

De acordo com a investigação, Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento fugiram pelo o teto das celas, arrancando uma estrutura metálica de alumínio e cabos de energia ligados à iluminação da cela.

SAIBA MAIS: Investigações apontam como acreanos fugiram de presídio no RN; polícia só percebeu após 2 horas

A penitenciária está passando por uma reforma. E foi justamente com uma ferramenta utilizada nas obras que os dois detentos cortaram um alambrado e fugiram no pátio do presídio. A direção da penitenciária só deu conta da fuga dos dois, duas horas depois, por volta das 05h da manhã.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost