23 de abril de 2024

Após denúncia, Polícia Civil diz que decisão sobre carros abandonados em pátio depende da Justiça

O documento foi assinado pelo delegado-geral de Polícia Civil, Henrique Maciel

O Governo do Acre, por meio da Polícia Civil do Estado do Acre (PCAC), se manifestou em nota, na manhã desta terça-feira (20), sobre a denúncia de abandono de carros no pátio da Instituição.

Delegado-geral da Polícia Civil do Acre, Henrique Maciel/Foto: Dhárcules Pinheiro/Ascom

Em esclarecimento, a PCAC informou que os carros presentes no pátio são frutos de processo judiciais, e que a instituição somente é guardiã dos veículos.

“Esses veículos estão ligados a processos judiciais, cabendo assim, à Justiça conceder o devido encaminhamento de tais veículos mediante cessão temporária a órgãos ou entidades que solicitarem ou, ainda, mediante leilão promovido pelo próprio Tribunal de Justiça”, diz trecho da nota.

O documento assinado pelo delegado-geral de Polícia Civil, Henrique Maciel, informa ainda, que em janeiro foi encaminhada ao Tribunal de Justiça, uma lista atualizada com todos os veículos que estão à disposição do órgão.

Confira o texto na íntegra:

Nota de esclarecimento a respeito de veículos no pátio da Polícia Civil

O governo do Estado do Acre, por meio da Polícia Civil, informa que, a respeito de informações veiculadas de que possui um grande volume de carros abandonados sob o poder do Estado, esses veículos estão ligados a processos judiciais, cabendo assim à Justiça conceder o devido encaminhamento de tais veículos mediante cessão temporária a órgãos ou entidades que solicitarem ou, ainda, mediante leilão promovido pelo próprio Tribunal de Justiça.

A Polícia Civil, por conta dos processos em trâmite, é apenas guardiã desses veículos e, por força de lei, aguarda o desfecho dos processos junto à Justiça, formado em sua grande maioria por feitos de investigações e apreensões.

Informamos, ainda, que no último dia 18 de janeiro, a Polícia Civil encaminhou lista atualizada de todos os veículos que estão à disposição do Tribunal de Justiça para providências administrativas, uma vez que o Estado se pauta pela transparência e eficiência do serviço público.

Henrique Maciel
Delegado-Geral da Polícia Civil

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost