20 de abril de 2024

Bocalom decide decretar estado de emergência em Rio Branco e vai à Brasília após convite de ministro

Waldez Góes já reconheceu a situação de emergência enfrentada por diversos municípios do Acre e convidou Bocalom para tratar do assunto

Antes mesmo de o Rio Acre alcançar os 16 metros – marca que seria decisiva para que o prefeito Tião Bocalom decretasse situação de emergência na capital acreana -, o chefe do executivo municipal decidiu acatar a medida nesta segunda-feira (26).

O Rio já atingiu a marca de 15,92 metros e deve subir mais nas próximas horas, é o que prevê a Defesa Civil. Pelo menos 160 famílias estão em abrigos espalhados por escolas de Rio Branco e no Parque de Exposição.

Bocalom assina o decreto nesta segunda-feira/Foto: ContilNet

O documento será assinado nas próximas horas, na sede da Prefeitura de Rio Branco, ocasião em que o chefe do executivo adotará as medidas de urgência que vão auxiliar as família afetadas.

Após o ato, Bocalom segue pra Brasília, onde terá um encontro com o ministro Waldez Goes, do Desenvolvimento Regional e responsável pela Defesa Civil Nacional.

“Em seguida ele vai à Brasília. Ontem, enquanto dava entrevista numa rádio, Tião Bocalom recebeu uma ligação do ministro Waldez Góes, que o convidou para ir ao Distrito Federal e tratar do assunto”, disse a assessoria do prefeito.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost