Celular Xiaomi com a melhor câmera: 7 opções para arrasar nas fotos

Fabricante chinesa tem smartphones de diferentes séries com bom conjunto fotográfico e preços que vão de R$ 1.000 a R$ 11.567 no e-commerce; veja seleção com os melhores

Encontrar o celular Xiaomi com a melhor câmera é o desejo de usuários que querem aliar bom custo-benefício ao interesse por fotografia. A gigante chinesa disponibiliza vários modelos interessantes em seu catálogo de intermediários, como o recém-lançado Redmi Note 13 Pro 5G, que traz câmera tripla com sensor principal de 200 megapixels e zoom de até 4x com qualidade óptica. O modelo pode ser comprado por a partir de R$ 2.000 no varejo online. Para quem está disposto a investir mais dinheiro, há opções topo de linha que entregam fotografias com qualidade profissional. É o caso do Xiaomi 13 Ultra, que pode ser adquirido por a partir de R$ 11.567.

Os modelos lançados pela gigante chinesa variam em preço e especificações, atendendo a diferentes necessidades dos usuários. Vale ressaltar que a Xiaomi é a principal vítima de contrabando de celulares no Brasil e não oferece suporte técnico ou garantia para celulares adquiridos em lojas não oficiais. A seguir, veja seis smartphones da Xiaomi com câmeras potentes, para que você decida qual é a melhor opção para você. Os preços citados no texto foram verificados no mês de apuração da matéria, em fevereiro de 2024.

Redmi Note 13 Pro 5G se destaca pelo conjunto de câmeras — Foto: Ana Letícia Loubak/TechTudo
Redmi Note 13 Pro 5G se destaca pelo conjunto de câmeras — Foto: Ana Letícia Loubak/TechTudo

Redmi Note 11S – a partir de R$ 1.000

O Redmi Note 11s, lançado em fevereiro de 2022, segue sendo uma ótima opção da Xiaomi para amantes da fotografia. O celular possui uma lente principal de alta resolução, com 108 MP e abertura de f/1.8, o que permite ótima entrada de luz e proporciona fotos mais claras e nítidas. O smartphone também possui sensor ultrawide de 8 MP, além da união entre as lentes macro e telemacro, ambas com 2 MP, para a captura de detalhes de objetos em fotos mais distantes do alvo. Na parte frontal, há um sensor de 16 MP, resolução que permite entregar selfies nítidas.

A ficha técnica do modelo também possui como destaque a tela grande de 6,43 polegadas com resolução Full HD+, tecnologia AMOLED e taxa de atualização de 90 Hz. A bateria do celular é robusta, com 5.000 mAh — capacidade que garante reprodução ininterrupta de vídeos por até 16 horas, segundo a fabricante. O smartphone chega equipado com Android 12, mas já é possível atualizá-lo para o Android 13.

Tela do Redmi Note 11S atualiza 90 vezes por segundo — Foto: Divulgação/Xiaomi
Tela do Redmi Note 11S atualiza 90 vezes por segundo — Foto: Divulgação/Xiaomi

O processamento ocorre por meio do Helio G95, octa-core da MediaTek com velocidade de até 2,05 GHz. No momento, é possível adquirir o Redmi Note 11S em versões com 6 GB ou 8 GB de RAM e 64 GB, 126 GB ou 256 GB de armazenamento na Amazon. Os preços partem de R$ 1.003.

Redmi Note 12 Pro – a partir de R$ 1.659

A câmera é um dos principais atrativos do Redmi Note 12 Pro, que foi lançado em outubro de 2022. O sensor principal do celular é de 50 MP com abertura de f/1.9, proporcionando boa entrada de luz e melhor nitidez para as fotos. O sistema também conta com lente ultrawide de 8 MP, para capturas com um maior campo de visão, e macro de 2 MP. Para selfies e videochamadas, a Xiaomi reservou 16 MP. O smartphone consegue filmar em até 4K a 30 fps (quadros por segundo).

Na ficha técnica do celular consta uma tela AMOLED de 6,67 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz, suficiente para rodar bem gráficos mais pesados. A bateria de 5.000 mAh também chama a atenção, bem como o processamento a partir dos oito núcleos do MediaTek Dimensity 1080, a uma velocidade máxima de 2,6 GHz.

Redmi Note 12 Pro tem conjunto triplo de câmeras — Foto: Divulgação/ Xiaomi
Redmi Note 12 Pro tem conjunto triplo de câmeras — Foto: Divulgação/ Xiaomi

O Redmi Note 12 Pro sai de fábrica com Android 12, mas é possível atualizá-lo para o Android 14. Ele pode ser comprado na Amazon por a partir de R$ 1.659, em versões com 6 GB, 8 GB ou até 12 GB de memória RAM, e 128 GB ou 256 GB de armazenamento interno.

Lançado em fevereiro de 2022, o Xiaomi 12 Lite traz um conjunto quádruplo de câmeras com sensor principal de 108 MP e lentes ultrawide e telemacro de 8 MP e 2 MP, respectivamente. Para selfies, a fabricante separou 32 MP — resolução considerada alta para o mercado intermediário. O destaque do sistema vai para a presença da tecnologia nona binning, capaz de combinar nove pixels em um, melhorando a definição de imagens capturadas pelo sensor principal. A gravação de vídeos pode ser feita em 4K a 30 fps.

O celular possui painel AMOLED de 6,55 polegadas com resolução Full HD e taxa de atualização de 120 Hz. No entanto, a bateria é menos potente, com apenas 4.300 mAh. Ainda assim, a fabricante garante que o smartphone é capaz de aguentar até dois dias longe das tomadas. Quanto ao desempenho, o modelo chega de fábrica com processamento em oito núcleos por meio do Snapdragon 778G, da Qualcomm, aliado à memória RAM de 8 GB e armazenamento de 128 GB. É possível adquiri-lo por valores a partir de R$ 1.899 no Mercado Livre.

Xiaomi 12 Lite está disponível lá em três opções de cores — Foto: Divulgação/Xiaomi
Xiaomi 12 Lite está disponível lá em três opções de cores — Foto: Divulgação/Xiaomi

Redmi Note 13 Pro 5G – a partir de R$ 2.000

Lançado no Brasil em janeiro deste ano, o Redmi Note 13 Pro é o mais recente e mais poderoso intermediário premium da Xiaomi. O celular apresenta um conjunto triplo de câmeras com lente principal de 200 MP e abertura de f/1.7. Ou seja, além de ter altíssima resolução, o sensor permite ótima entrada de luz. Por ser grande, ele também proporciona zoom de até 4x com qualidade óptica. O sistema de câmeras se completa com uma lente ultrawide de 8 MP e uma macro de 2 MP. A câmera frontal tem 16 MP, e o celular consegue gravar vídeos em até 4K a 30 fps.

O celular se destaca ainda pela tela AMOLED de 6,67 polegadas e resolução 1,5k, com tecnologia Dolby Vision, proteção Gorilla Glass Victus e taxa de atualização de 120 Hz. A bateria de 5.100 mAh e o suporte a carregamento rápido de 67 W também chamam a atenção. O desempenho do Note 13 Pro 5G fica a cargo do processador Snapdragon® 7s Gen 2, que trabalha com 8 GB de RAM e 256 GB de armazenamento.

Conjunto de câmeras do Redmi Note 13 Pro 5G — Foto: Ana Letícia Loubak/TechTudo
Conjunto de câmeras do Redmi Note 13 Pro 5G — Foto: Ana Letícia Loubak/TechTudo

O Redmi Note 13 Pro sai de fábrica com a MIUI 14 e, em breve, receberá o HyperOS, novo sistema operacional da Xiaomi. A versão global do modelo pode ser comprada na Amazon por preços que partem de R$ 2.000. Na loja oficial da fabricante, ele sai por a partir de R$ 3.035,99.

O Poco X5 Pro foi lançado pela Xiaomi em fevereiro de 2023 e segue sendo uma boa opção para quem quer um celular intermediário capaz de tirar boas fotos. O smartphone tem câmera principal de 108 MP, sensor ultrawide de 8 MP e câmera macro de 2 MP. Para as selfies e videochamadas, há uma lente de 16 MP — padrão no mercado. O principal destaque do conjunto vai para a tecnologia nona binning. O celular também é capaz de gravar vídeos em 4K a 30 fps. O sensor frontal, por sua vez, é limitado a gravações Full HD, a 30 ou 60 fps.

Câmera ultrawide do Poco X5 Pro faz registros de 8 megapixels — Foto: Fernando Braga/TechTudo
Câmera ultrawide do Poco X5 Pro faz registros de 8 megapixels — Foto: Fernando Braga/TechTudo

A ficha técnica do smartphone também conta com tela AMOLED de 6,67 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. Outro diferencial está no processamento potente, que acontece por meio do chipset octa-core Snapdragon 778G, da Qualcomm, com velocidade máxima de 2,4 GHz. A bateria robusta de 5.000 mAh também é um atrativo. É possível encontrar o Poco X5 Pro em versões com 6 GB ou 8 GB de RAM, além das opções com 128 GB ou 256 GB de armazenamento, por a partir de R$ 2.399 na Amazon.

Xiaomi 13 Lite – a partir de R$ 2.469

Lançado em maio de 2023, o Xiaomi 13 Lite chama a atenção pelo conjunto de câmeras robusto. O sensor principal, com 50 MP de resolução, deve entregar fotos nítidas e com alto nível de detalhes. Há ainda uma lente ultrawide de 8 MP, com campo de visão de 119°, e uma macro de 2 MP.

O diferencial, entretanto, está na parte frontal, que conta com sistema duplo de sensores: um principal de 32 MP e um segundo de 8 MP. Este último sensor serve para medir a profundidade de campo. Assim, o conjunto frontal deve entregar fotografias em uma qualidade semelhante à dos sensores traseiros. Além disso, a Xiaomi reservou um recurso de duplo flash de LED que deve auxiliar o usuário durante selfies.

Xiaomi 13 Lite 5G tem câmera frontal com flash LED duplo — Foto: Reprodução/Xiaomi
Xiaomi 13 Lite 5G tem câmera frontal com flash LED duplo — Foto: Reprodução/Xiaomi

O celular tem tela AMOLED de 6,55 polegadas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 120 Hz. Ele sai de fábrica com bateria de 4.500 mAh e sistema Android 12, mas já é possível atualizá-lo para o Android 14. O Xiaomi 13 Lite é encontrado com memória RAM de 8 GB em versões com 128 GB ou 256 GB de armazenamento, por valores que partem de R$ 2.469 na Amazon.

Xiaomi 13 Ultra – a partir de R$ 11.567

O conjunto fotográfico é o principal atrativo do Xiaomi 13 Ultra. O celular possui um sensor principal de 50 MP capaz de alternar a abertura para f/1.9 ou f/4.0. Com isso, o usuário pode ter maior controle sobre a fotografia de acordo com o ambiente que está — optando por mais ou menos luz no momento da captura. Outro destaque vai para o sensor ultrawide de 50 MP, que faz imagens com ângulo de 122°. Já as duas lentes teleobjetivas, com 50 MP cada, entregam zoom óptico de 3,2x e 5x, além de zoom digital de até 120x. Além disso, a lente frontal tem resolução de 32 MP.

O sensor principal do smartphone possui uma (1) polegada, tamanho considerado grande para um smartphone. A configuração é importante porque deve permitir registros nítidos, mesmo em ambientes de baixa iluminação. Quanto aos vídeos, o modelo é capaz de gravar em até 8K e possui um modo de super câmera lenta, que trabalha em até 1.920 quadros por segundo — uma das taxas mais altas em celulares no mercado.

Xiaomi 13 Ultra oferece três cores para o acabamento: verde, preto e branco — Foto: Divulgação/Xiaomi
Xiaomi 13 Ultra oferece três cores para o acabamento: verde, preto e branco — Foto: Divulgação/Xiaomi

O smartphone é equipado com o poderoso chipset Snapdragon 8 Plus Gen 2, da Qualcomm. O processamento ocorre por meio de oito núcleos a uma velocidade máxima de 3,2 GHz. A gigante chinesa disponibiliza o modelo em versões com 12 GB ou 16 GB de memória RAM, e 256 GB, 512 GB ou 1 TB de armazenamento. O Xiaomi 13 Ultra possui ainda bateria de 5.000 mAh e sai de fábrica com Android 13, mas recebe atualização para o Android 14. No momento, é possível comprá-lo por valores a partir de R$ 11.567 no Mercado Livre.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost