21 de abril de 2024

Nível do Rio Acre em Assis Brasil segue vazando, mas aumenta na capital e em outros municípios; confira

Dados são da Defesa Civil Estadual. Enchentes já desabrigam mais de 5 mil pessoas

Pelo menos 6 municípios acreanos já são atingidos pela enchente do Rio Acre. Um dos mais atingidos, Assis Brasil, na fronteira com o Peru, começa a dar sinais de vazante nesta segunda-feira (26).

Na medição das 18h do domingo (25), o nível do Rio havia marcado 11,78 metros. Já nesta segunda-feira (26), o manancial marcou 9,39 metros, ou seja, uma queda de mais de 1 metro em poucas horas.

Assis Brasil ficou tomada pelas águas na última semana/Foto: Reprodução

O Rio já está fora da cota de alerta e de trasbordamento em Assis Brasil.

Rio Branco

Por outro lado, na capital Rio Branco, o nível do Rio Acre segue aumentando. Na medição das 18h do domingo, o rio havia marcado 15,72 metros. Já nesta segunda, o rio marcou 15,92, um aumento de 20 cm.

Nível dos rios aumentou nos últimos dias devido as chuvas recorrentes no estado. Foto: Juan Diaz/ContilNet

Xapuri

Outro município que continua subindo é Xapuri. Na noite de domingo o manancial havia marcado 14,14. Nesta segunda (26), o nível amanheceu em 14,47, poucos centímetros abaixo da cota de trasbordamento, que é de 15 metros.

Brasiléia

Enfrentando a quarta maior enchente em 11 anos, o município de Brasiléia também segue com o nível do Rio Acre em subida. No domingo (25), o rio havia marcado 13,42 metros. Segundo a Defesa Civil, na manhã desta segunda-feira (26), o manancial marcou 13,88 metros.

Praça Hugo Poli completamente tomada pelas águas/Foto: ASCOM

Porto Acre

Na última medição feita pela Defesa Civil Estadual, ainda no domingo às 06h, o Rio Acre em Porto Acre havia marcado 13,08 metros, já acima da cota de transbordamento. Já ao 12h, houve um aumento de 10 cm e o rio marcou 13,19 metros.

As alagações nos municípios acreanos continuam atingindo a população. Segundo o Boletim Enchentes desta segunda (26), a cheia do rio Acre já deixou 5.578 pessoas desabrigadas nas nove cidades mais críticas, em 46 abrigos construídos pelo governo, além disso, 5.703 se encontram desalojadas.

VEJA MAIS: Enchente: mais de 5 mil pessoas estão desabrigadas no Acre e outras quase 6 mil desalojadas

Os números por município:

Rio Branco
Pessoas desabrigadas: 481
Pessoas desalojadas: 274
Nº de bairros atingidos: 33
Abrigos: 10

Plácido de Castro
Pessoas desabrigadas: 22
Pessoas desalojadas: 200
Nº de bairros atingidos: 13
Abrigos: 2

Xapuri
Pessoas desabrigadas: 43
Pessoas desalojadas: 77
Nº de bairros atingidos: 5
Abrigos: 1

Tarauacá
Pessoas desabrigadas: 77
Pessoas desalojadas: 0
Nº de bairros atingidos: 5
Abrigos: 1

Assis Brasil
Pessoas desabrigadas: 340
Pessoas desalojadas: 125
Nº de bairros atingidos: 4
Abrigos: 4

Jordão
Pessoas desabrigadas: 1.706
Pessoas desalojadas: 2.061
Nº de bairros atingidos: 4
Abrigos: 7

Epitaciolândia
Pessoas desabrigadas: 1.010
Pessoas desalojadas: 750
Nº de bairros atingidos: 3
Abrigos: 8

Santa Rosa do Purus
Pessoas desabrigadas: 359
Pessoas desalojadas: 960
Nº de bairros atingidos: 1
Abrigos: 3

Brasileia
Pessoas desabrigadas: 1.540
Pessoas desalojadas: 1.256
Nº de bairros atingidos: 8
Abrigos: 10

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost