21 de abril de 2024

Buscas por acreanos foragidos chegam aos 21 dias e ultrapassam tempo de procura por Lázaro

Uma força-tarefa de pelo menos 600 policiais realizam as buscas pela dupla

As buscas pelos dois detentos acreanos que fugiram da Penitenciária Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte completaram 21 dias nesta terça-feira (5), superando o tempo de procura por Lázaro Barbosa, foragido que foi procurado por 20 dias no ano de 2021.

Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento/Foto: Reprodução

Lázaro Barbosa era suspeito por vários crimes pelo Brasil, entre eles, homicídios. Após matar uma família em Goiás. Ele fugiu de uma penitenciária federal nos Estados no dia 9 de junho de 2021.

A força-tarefa contou com mais de 200 agentes da Segurança Pública. Policiais civis, federais, rodoviários federais, militares e bombeiros se revezaram durante a operação, procurando o foragido em meio às matas fechadas da região. Ele morreu depois de trocar tiros com a polícia e ser levado a um hospital, em 28 de junho.

As buscas por Lázaro duraram 20 dias/ Foto: Reprodução

Fugitivos de Mossoró

Deibson Nascimento e Rogério Mendonça, que foram transferidos do Presídio de Segurança Máxima Antônio Amaro, no Acre, em setembro de 2023, após participarem da rebelião que deixou cinco mortos, escaparam da Penitenciária Federal de Mossoró no dia 14 de fevereiro deste ano.

A fuga é inédita na história dos presídios federais do Brasil/ Foto: Divulgação/Senappen/Gov

Desde então, uma força-tarefa de pelo menos 600 policiais realizam as buscas pela dupla. Inicialmente a procura vinha sendo realizada em uma região de 15 quilômetros em torno do presídio. As buscas foram aumentadas em um raio de um quilômetros após os dois serem vistos novamente por moradores de Bauruna (RN) durante a madrugada do último domingo.

Segundo depoimento de moradores, Deibson e Rogério invadiram um galpão agrícola e agrediram o proprietário. Segundo a polícia eles estariam em busca de suprimentos.

Recompensa

A Polícia Federal passou a oferecer recompensa para quem localizar os fugitivos. Ao todo, o valor por informações que levem à captura da dupla é de R$ 30 mil.

As buscas continuam sendo realizadas na zona rural de Baraúna (RN), onde os fugitivos foram vistos na última semana, e também na divisa com o Ceará.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost