28 de maio de 2024

Pacientes são beneficiados com mutirão de cirurgias de vasectomia em Senador Guiomard

Trinta pacientes do Baixo Acre foram beneficiados

Dando continuidade as ações do Opera Acre, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Saúde (Sesacre), realizou mais um mutirão de cirurgias no Hospital Ary Rodrigues, em Senador Guiomard, nesta sexta-feira, 22. Trinta pacientes foram beneficiados com a cirurgia de vasectomia – procedimento médico de esterilização para homens que têm certeza de que não desejam ser pais. 

Trinta pacientes do Baixo Acre foram beneficiados. Foto: Luan Martins/Sesacre

“O Opera Acre teve início em 2022 e a cada ano que passa implantamos em mais municípios. Começamos a estruturar os municípios para que operassem os pacientes dessa região. No entanto, ainda abrangemos o serviço à pacientes de outras cidades. Hoje, temos aqui pacientes de todo o Baixo Acre”, ressaltou a chefe de regulação de cirurgias da Sesacre, Shirley Nascimento.

De acordo com o cirurgião-geral, Yotaro Camargo Suzuki, a unidade em Senador Guiomard, assim como outras do estado, já possibilita o atendimento especializado com cirurgias. “O Ary Rodrigues se comporta como um hospital de apoio para Rio Branco, e há apenas o deslocamento dos profissionais para a realização dos mutirões”, enfatizou.

“Com os centros cirúrgicos das unidades equipados é necessário, apenas, o deslocamento do pessoal”, disse o médico Yotaro Suzuki. Foto: Luan Martins/Sesacre

A cirurgia veio em boa hora para o casal Raida Gurgel e Mário Pontes, de Rio Branco, que aguardavam pelo procedimento a um pouco mais de um ano. “Escolhemos esse procedimento para que a minha esposa não precisasse ser operada. O médico disse que não alteraria nada em minha vida, então por que não fazer?”, disse.

Para o casal Raida Gurgel e Mário Pontes a cirurgia veio em boa hora. Foto: Luan Martins/Sesacre

“Nós conversamos em casa e decidimos que não queríamos mais filhos. Então, fomos à Policlínica do Tucumã, fizemos todos os procedimentos, tivemos o atendimento psicológico, que esclareceu que não precisamos ter preconceito, pois a cirurgia só traria benefícios e todo esse acompanhamento foi muito bom”, declarou Raida Gurgel.

Natanael dos Santos, morador de Capixaba, escolheu o método para preservar a saúde da esposa. Foto: Luan Martins/Sesacre

Para o morador de Capixaba, Natanael dos Santos, o procedimento foi a melhor escolha para ele e sua família. “Tenho dois filhos e resolvi fechar a fábrica. E decidi fazer, também, porque seria mais complicado para a minha esposa. Passei por todos os procedimentos, conversei com a psicóloga e estou me sentindo bem confiante”, pontuou.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost