29 de maio de 2024

Robinho multiplicou bens e colocou patrimônio em nome de parentes

Segundo reportagem do Uol, jogador preso por estupro possui um patrimônio de cerca de 20 imóveis e 8 carros

Foto colorida de Robinho durante audiência de custódia - Metrópoles

Reprodução/Justiça Federal

Condenado a nove anos de prisão por participar de um estupro coletivo na Itália em 2015, o ex-jogador Robinho está preso no presídio de Tremembé, no interior de São Paulo, desde o dia 21 de março. Segundo reportagem do Uol, ele multiplicou seu patrimônio ao longo da última década e colocou bens em nome de parentes.

De acordo com a publicação, o jogador — que acumulou em sua carreira passagens por grandes clubes do cenário mundial como Real Madrid, Manchester City e Milan — e a esposa possuem imóveis em Santos e na Baixada Santista que hoje são avaliados em aproximadamente R$ 10 milhões.

Ao todo, o ex-jogador e a família são proprietários de 20 imóveis e oito veículos, que estão em nome de Robinho, da esposa e do pai do jogador. Nos últimos dez anos, seis carros foram adquiridos e nenhum está registrado com o nome dele. Juntos, os carros somam quase R$ 1 milhão.

De acordo com a reportagem do Uol, qualquer movimentação pode ser averiguada pelas autoridades, já que pode configurar fraude, segundo os advogados ouvidos pela reportagem. Em um possível caso de exigência de pagamento de uma indenização, o valor em questão seria avaliado a partir do patrimônio total do jogador, que estaria defasado por conta das alterações.

Procurada, a defesa de Robinho afirmou desconhecer o assunto.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost