26 de maio de 2024

Governo propõe 9% de reajuste para os servidores da educação em 2025

Técnicos e professores das universidades e institutos federais estão em greve e pressionam o governo Lula por reajuste

Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos apresentou, nesta sexta-feira (19/4), aos servidores da educação um reajuste salarial de 9%, mas só em 2025. Para este ano, não há previsão de aumento para os professores e técnicos das universidades e institutos federais, apesar da greve que afeta as instituições.

Nathália Cardim/Metrópoles

O secretário de Relações de Trabalho, José Lopez Feijóo, pontuou que o governo federal atendeu nove reivindicações apresentadas pelos servidores da educação. Ele também destacou que o Executivo reduziu o tempo para ascensão da carreira, saindo de 22 anos e meio para 18.

“Nós atendemos a um pleito muito antigo da categoria, uma luta antiga da categoria, que é a luta pela reestruturação da carreira. Nesta reivindicação, eles tinham 12 pontos, dos quais nove nós atendemos”, afirmou Feijóo.

Os servidores, no entanto, não estão satisfeitos com as propostas apresentadas pelo governo federal e pressionam o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) por ações emergenciais para atender as demandas da classe.

“Encontrou mais espaço no orçamento e atendeu pedidos que há muito vinham sendo pleiteados pela categoria docente, que sequer arranhavam o erário público. É ainda uma movimentação tímida, mas revela o quanto a greve é o meio eficaz na conquista de avanços e vitórias em defesa do serviço público”, esclarece Gustavo Seferian, Presidente do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN).

A proposta será apresentada pelo Andes em assembleias que irão acontecer entre os dias 22 e 25 de abril.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost