Câmara de Vereadores de Feijó faz encontro para discutir a reconstrução da BR-364

“Apesar de todas as dificuldades, vamos alcançar a nossa meta", diz superintendente do Dnit

Os moradores do município de Feijó, aproveitando a estada de várias autoridades, promoveram um encontro na manhã deste sábado (13), na Câmara de Vereadores, para discutir os trabalhos de reconstrução da BR-364. Eles sabatinaram o superintendente do Departamento Nacional de Obras de Infraestrutura (DNIT), Thiago Caetano, que fez uma apresentação do cronograma de obras.

Reunião ocorreu neste sábado em Feijó/Foto: ContilNet

Além dos representantes do movimento social e vereadores, o encontro foi prestigiado pelos senadores Gladson Cameli (PP) e Sérgio Petecão (PSD), os deputados Major Rocha (PSDB), Nicolau Júnior (PP), Luiz Gonzaga (PSDB), Nelson Sales (PP), Jairo Carvalho (PSD) e pelo prefeito de Feijó, Kiefer Cavalcante (PP). “É uma enorme satisfação receber este público para debater um assunto tão importante para a nossa região”, disse o presidente da Câmara de Vereadores, Cleomar Cabeludo (PSDB).

Cleomar Cabeludo, Presidente da câmara de vereadores/ Foto: ContilNet

“Esse encontro é de vital importância para se discutir o que está acontecendo, principalmente para desconstruir uma rede mentiras”, destacou o senador Sérgio Petecão, atribuindo ataques aos militantes do PT. “O importante é que essas autoridades estão aqui para dar satisfação à nossa população”, comentou o líder indígena, o ex-vereador Mário kaxinawá.

Líder indígena Mário Kaxinawa/ Foto: ContilNet

De acordo com Thiago Caetano, nos lotes 1, 2 e 3, que abrangem os trechos entre Sena Madureira e Tarauacá, já existem cerca de 40 quilômetros regularizados, cerca de 32 restaurados, 20 quilômetros preparados para receber a camada asfáltica. Nos lotes 4, 5 e 6, que ficam próximo a Feijó e Tarauacá, já existem 45 quilômetros gradeados e prontos começar o trabalho de restauração.

“Apesar de todas as dificuldades, vamos alcançar a nossa meta, que é sair de Sena Madureira e chegar a Tarauacá, além de recuperarmos todos os trechos críticos de lá até Cruzeiro do Sul. Ano que vem, iremos completarem os serviços, desta vez com maior aporte de recursos, máquinas e homens”, vislumbra Thiago Caetano.

comentários

Outras Notícias

Veja também