Homem é encontrado morto na delegacia de Boca do Acre suspostamente espancado


O cunhado do detento procurou a Defla em Rio Branco para denunciar o caso

REDAÇÃO CONTILNET

Na manhã deste domingo (11) o pedreiro João Alves Ferreira, de 33 anos, procurou a Delegacia Central de Flagrantes (Defla), em Rio Branco, para denunciar que o seu cunhado teria sido morto supostamente espancado até a morte na delegacia de Boca do Acre (AM).

O detento morto foi identificado como Raimundo Nonato Teixeira de Lima (à esquerda)/Foto: Facebook

O detento morto foi identificado como Raimundo Nonato Teixeira de Lima, de 20 anos. Segundo Ferreira, ele procurou a Polícia do Acre porque a sua esposa, que é irmã da vítima, não tem condições de viajar para o Estado vizinho, mas a família já acionou uma advogada para cuidar do caso.

Ainda de acordo com o denunciante: “Ele foi encontrado morto aparentemente espancado, cheio de hematomas e com uma das unhas da mão arrancadas”, conta Antônio, que pediu providências da Polícia Civil no Acre, mesmo o caso tendo acontecido no Amazonas.

comentários

Outras Notícias

Veja Também