Rio Branco, Acre,


Tião anuncia obra em espaço entregue por Binho e abandonado no atual governo

Três campos de futebol vão custar R$ 2,5 milhões em área que pretendia servir para formação de jovens atletas

cete1
Cidade do Esporte: descaso das autoridades – Fotos: Fabio Pontes/ContilNet

Enquanto o governador Tião Viana, cercado por seus assessores e parte de sua bancada na Assembleia, assinava a ordem de serviço para construção do Centro Estadual de Treinamento Esportivo (Cete), na manhã desta quinta-feira (20), a Cidade do Esporte, a poucos metros do local onde acontecia a solenidade oficial, era o retrato do descaso e do abandono por parte das autoridades.

Entregue ainda no governo Binho Marques, o complexo de quadras para a prática das mais distintas modalidades esportivas, que deveria atender aos bairros localizados no entorno do estádio Arena da Floresta, está tomado pelo mato, com os postes de iluminação deteriorados, os bancos destruídos e pichações nas arquibancadas.

PUBLICIDADE

O mato já toma de conta até das grades e em parte do chão das quadras. À época de sua inauguração, o governo prometia que a Cidade do Esporte seria um dos principais polos para a formação de jovens atletas em Rio Branco.

cete2
Tião Viana

Agora, com o Cete, que contará com três campos de futebol, a gestão Tião Viana afirma que o Acre dá os primeiros passos de olho nas Olimpíadas Rio 2016, e até para as Olimpíadas de 2020.

Os campos de futebol custarão R$ 2,5 milhões. Os recursos foram obtidos pelo ex-senador Aníbal Diniz (PT) junto à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que, por sua vez, recebeu verbas da Fifa como legado da Copa 2014. Cada campo contará com irrigação automatizada, drenagem, calçamento de acesso e alambrado.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up