Rio Branco, Acre,


“Da mesma forma que a política, a palhaçada é coisa séria”, diz palhaço que irá disputar vaga na Câmara

Partido Verde vai lançar palhaço para disputar vaga na Câmara de Rio Branco

Azeytona tem 27 anos de profissão e uma larga experiência no campo artístico
Azeytona tem 27 anos de profissão e uma larga experiência no campo artístico

O ator e comediante Manoel Souza da Costa, o Palhaço Azeytona, irá concorrer a uma das vagas de vereador nas eleições do próximo ano. Convidado pela direção do Partido Verde, o artista aceitou o desafio e já manda um recado: “Da mesma forma que a política, a palhaçada é coisa séria”. declarou ele, anunciando o seu slogan de campanha: “Qualquer que seja a sua zona, vote Azeytona”.

Ele tem 27 anos de profissão e uma larga experiência no campo artístico: ator, iluminador, músico, animador cultural e diretor de teatro. Já trabalhou com artistas como Beto Rocha, Silvio Margarido, Ivan de Castela e Lenine Alencar. Atualmente, está fazendo os pré-shows de humor de artistas renomados que vêm se apresentar no Acre.

PUBLICIDADE

O pré-candidato não quer a pecha de folclórico, todavia não descarta a possibilidade de receber votos de protesto. “Nove em cada 10 pessoas dizem que política é coisa pra bandido. A situação de descrédito da classe política é a pior possível”, avaliou, prometendo, caso seja eleito, legislar sobre aquilo que ele chama de inversão de prioridades.

Lutar por uma educação de qualidade, recuperação e ampliação de espaços culturais, de lazer e esportivos figuram entre as principais propostas de Azeytona. “É preciso criar oportunidades, principalmente para a juventude, que está sendo tragada por uma cultura de violência e desesperança. Essas atividades são inclusivas e formadoras de cidadãos”, assim concebe o palhaço, para quem a política é pra servir.

azeitona2
Palhaço Azeyton em entrevista à ContilNet/Foto: ContilNet

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up