Rio Branco, Acre,


Deputados de São Paulo vem ao Acre investigar tráfico de pessoas do Haiti para o Brasil

Estado é considerado rota dos imigrantes por site de São Paulo; deputados desembarcam em Porto Príncipe, o Haiti, no mês de outubro

O presidente da Comissão de Direitos Humanos da assembleia paulista, Carlos Bezerra Jr/Créditos: Divulgação
O presidente da Comissão de Direitos Humanos da assembleia paulista, Carlos Bezerra Jr/Créditos: Divulgação

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de São Paulo vai investigar indícios da existência de uma rede de tráfico de haitianos para o Brasil. De acordo com informações do site Glamurama, do UOL, uma comissão passará pelo Acre com destino a Porto Príncipe, no Haiti, para ouvir as Forças Armadas brasileiras que integram a Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti (Minustah) e grupos religiosos.

“Mais de 50 mil haitianos chegaram no país nos últimos cinco anos – a maioria sem documentos – e não há informações de nenhum coiote preso”, afirma o presidente da comissão, o tucano Carlos Bezerra Jr, que encabeça o comitê.

PUBLICIDADE

O parlamentar também deve conversar com representantes da embaixada do Brasil no país para averiguar denúncias de venda de vistos humanitários. O comitê está previsto para desembarcar em Porto Príncipe em outubro.

“O comitê passará por Brasiléia, no Acre, que é rota dos imigrantes”, informa um trecho da publicação do Glamurama.

traficohaitianos

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up