RS: Luís Fernando Veríssimo recorre à água de piscina para sobreviver

Morador de Petrópolis, em Porto Alegre, o escritor Luís Fernando Veríssimo está sem água devido às enchentes no Rio Grande do Sul

Ele é um patrimônio vivo do jornalismo, da charge e da crônica literária. E vive, ainda por cima, numa casa onde nasceram clássicos representativos do modernismo brasileiro. Estamos falando do escritor e jornalista Luís Fernando Veríssimo.

O humor, tão presente na trajetória do artista, dá lugar agora ao desolamento por aquele que já é o maior desastre natural do Rio Grande do Sul.

O escritor e a mulher, Lúcia, vivem na casa que foi de seu pai, o também escritor Érico Veríssimo (1905-1975), no bairro de Petrópolis, Porto Alegre.

Reprodução

Procurada por NEW MAG, Lúcia conta como o casal enfrenta as privações causadas pela falta de abastecimento e de insumos.

Leia a matéria completa no sine New Mag, parceiro do Metrópoles.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost