Lideranças do setor produtivo manifestam apoio a Ney Amorim, pré-candidato ao Senado


Ato realizado na última quinta-feira (24) firmou ainda mais o apoio do setor acreano ao parlamentar

ASCOM

Lideranças do setor produtivo, que inclui a Federação das Indústrias, da Agricultura e a Associação Comercial do Acre, manifestaram apoio à pré-candidatura de Ney Amorim rumo ao Senado Federal e à José Adriano para deputado federal, junto com o empresário João Albuquerque para 1º suplente de Ney Amorim.

Líderes do setor produtivo se reuniram na última quinta (24). Foto: Reprodução

O grande ato realizado na última quinta-feira (24), consolidou o projeto de eleger, nas eleições deste ano, nomes que devem engrandecer o setor privado no Estado a partir de 2019.

Mesmo o deputado Ney Amorim, presidente da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa do Estado do Acre (Aleac) e pré-candidato ao Senado pela Frente Popular, ter que se ausentar por conta da legislação do Tribunal Superior Eleitoral, ele transmitiu, por telefone, a sua felicidade e gratidão pelo apoio irrestrito de todas as lideranças da indústria e do comércio.

“Quero externar a minha mais profunda gratidão pelo apoio de cada um de vocês e dizer que nossa pré-candidatura ao Senado segue firme, mesmo eu tendo de me ausentar por força da lei eleitoral”, disse Ney Amorim.

De acordo com a legislação eleitoral, em caso de ausência do estado do governador e do vice, o presidente da Assembleia assume o Executivo. Mas como Ney é pré-candidato, ele perderia a oportunidade de ser candidato se assumisse a cadeira de governador.  Por isso, também teve de se ausentar do estado.

Para o pré-candidato, o lançamento do nome de José Adriano para a Câmara dos Deputados é uma forma de representar o novo que o Acre precisa, reforçando as políticas de incentivo ao setor produtivo e a geração de emprego e renda.

“Sei da competência do Adriano e não me canso de repetir que o João [Albuquerque] também nos possibilitou construir parte de nossas propostas focada na geração de novos postos de trabalho. São de pessoas como o João e o Adriano que o Acre precisa”, frisou Ney Amorim.

Um dos maiores incentivadores para o crescimento do estado, tendo como alavanca o setor privado, o empresário João Albuquerque fez questão de citar no encontro que a sua pré-candidatura junto a Ney Amorim é um marco para o desenvolvimento do estado com políticas sérias que estimulem o crescimento de empresas privadas.

“Não tenho dúvidas que esses jovens, o Ney e o Adriano, têm os mesmos ideais que perseguimos, que é o de ver um Acre mais próspero e com uma economia crescente que possibilita mais emprego e independência econômica para sua população”, ressaltou João Albuquerque, demonstrando a imensa satisfação de contribuir para o projeto vencedor dessas candidaturas.

comentários

Outras Notícias

Veja Também