“Tribunal do Crime” teria ordenado assassinato de morador em Assis Brasil


Homem identificado como Rafael Silva Maciel, vulgo “Dunga”, foi executado no bairro Bela Vista

O ALTO ACRE

Os moradores de Assis Brasil, município localizado na fronteira com o Peru e distante 330 km da Capital acreana, foi palco de um suposto assassinato a mando do “Tribunal do Crime” na madrugada desta segunda-feira (11).

O crescimento da disputa de membros de facções pelo controle do tráfico no município, que tem menos de 10 mil habitantes, está tirando o sossego dos moradores da parte urbana, principalmente no bairro Bela Vista, onde vários moradores relataram que uma série de crimes vêm acontecendo.

O Bela Vista já foi palco de casos como “cobrança de pedágio”, impedimento de acesso após hora determinada por traficantes, disputa de espaço e diversas ameaças aos moradores.

Dunga teria sido assassinado por “Tribunal do Crime” em Assis Brasil. Foto: Reprodução

Recentemente, um membro de facção teve sua casa queimada após ser preso. Desta vez, um homem identificado como Rafael Silva Maciel, 18 anos, também conhecido como “Dunga”, foi vítima de uma execução sumária no bairro.

O corpo foi encontrado depois que moradores ouviram vários disparos na madrugada. Após o susto, o corpo de Dunga foi encontrado com pelo menos três tiros pelo rosto.

O corpo foi levado para o hospital da cidade e transferido em seguida para Brasileia, e de lá foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) em Rio Branco, onde passou por exames de necropsia. O caso está sendo investigado pelas autoridades locais.

comentários

Outras Notícias

Veja Também