Moradora do Bujari afirma ter que chegar de madrugada na Capital para agendar consultadesta


"É mais difícil ainda conseguir uma consulta com o pediatra", relatou Josiane

REDAÇÃO CONTILNET

Moradora do Bujari, Josiane Melo, de 26 anos, relatou à equipe da ContilNet a dificuldade de conseguir um agendamento para o filho de 1 ano de idade, que precisou ser consultado devido à uma forte gripe.

A situação aconteceu, de acordo com a denunciante, no dia 17 de julho. “Lá no Bujari é uma dificuldade para ter acesso. Quando viemos à Capital, é mais difícil ainda conseguir uma consulta com o pediatra”, relatou Josiane.

Atualmente desempregada, ela se deslocou com o filho até a Policlínica no bairro Tucumã, onde, segundo ela, esperou por muito tempo para conseguir apenas agendamento.

Entramos em contato com a assessoria da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), que destacou que, desde 2016, quando a unidade de saúde se tornou Policlínica, os casos de urgência e emergência devem sempre ser levados às Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Capital acreana Na Policlínica, todos os atendimentos são feitos através de agendamento.

comentários

Outras Notícias

Veja Também