Márcio Bittar afirma estar satisfeito com secretários escolhidos por Cameli: “um processo harmonioso”


O senador eleito enfatizou que a privatização de empresas improdutivas será necessária para saldar dívidas

SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

O senador eleito Márcio Bittar (MDB) participou na tarde desta sexta-feira (23) do anúncio oficial de 10 secretários que irão compor o primeiro escalão do governo de Gladson Cameli (PP) a partir de janeiro de 2019. Segundo Bittar, a escolha feita pelo governador eleito do secretariado lhe agrada: “estou satisfeito com todos”.

Bittar foi questionado sobre o clima entre os partidos aliados nesse processo de escolha de secretárias. “Esse processo está ótimo, tudo harmonioso. Quero aproveitar para elogiar o Gladson, pois governador é isso mesmo, tem que tomar a decisão. Nós podemos dar opinião, mas quem ganhou na urna o direito e o dever de montar a equipe é Cameli”, declarou.

Márcio Bittar/Foto: Reprodução

Quanto ao fato do ex-deputado federal não ter indicado um nome sequer para compor uma secretaria, Bittar enfatizou que “todos que ele está indicando são pessoas que tiveram conosco e nos representaram. Me sinto representado por todos, portanto, vamos ajudar”, ponderou.

Márcio destacou que o momento exige união da bancada federal em Brasília para ajudar Gladson no Acre. “Iremos votar pelas mudanças no congresso, como a reforma da previdência, ou promovemos mudanças e vendemos empresas que só servem de cabide político, para que possamos saldar a dívida e investir os recursos em saúde e segurança, por exemplo, ou não iremos ter saída. Para isso teremos cinco deputados federais e três senadores para ajudar o Gladson aqui e o Bolsonaro para consertar o país”, salientou.

comentários

Outras Notícias

Veja Também