Médico e deputado acreano vai auxiliar no atendimento às vítimas de tragédia em Brumadinho


Esta não é a primeira vez que Jenilson se envolve me missões solidárias , em 2010 ele foi ao Haiti, logo após o terremoto que devastou o país

NANY DAMASCENO E SAIMO MARTINS, DO CONTILNET

O médico infectologista e deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), embarca na sexta-feira (8) para a cidade de Brumadinho (MG) para auxiliar no atendimento das vítimas da tragédia que atingiu a cidade há duas semanas, quando uma barragem da Vale se rompeu, ocasionando a morte de pelo menos 150 pessoas, outras 182 pessoas continuam desaparecidas.

O convite partiu da Liga Brasileira de Médicos Voluntários e outros médicos residentes do Acre devem acompanhar o parlamentar. Esta não é a primeira vez que Jenilson se envolve me missões solidárias diante de tragédias ou mesmo da necessidade de ajudar famílias carentes, em 2010 ele foi ao Haiti, logo após o terremoto que devastou o país. Este ano, coordenou a ‘Missão de Saúde do Dr. Baba’ oferecendo atendimento ambulatorial em um barco para ribeirinhos e indígenas os municípios de Feijó, Tarauacá e Jordão.

“Faço isso da mesma maneira que fiz quando fui convidado para ir ao Haiti, quando em diversos momentos tivemos o desprendimento e a sensibilidade de participar de missões como a Dr Barba e pra mim é uma honra poder auxiliar quem está precisando”, disse Jenilson ao ContilNet.

Jenilson Leite em atendimento no Haiti/Foto: reprodução

Uma grande comoção toma conta de Brumadinho. No 14º dia de buscas, completados nesta quinta-feira (7), homens do Corpo de Bombeiros utilizaram 250 aparelhos de geolocalização que permite a localização em tempo real de cada bombeiro, que pode solicitar apoio e socorro.

“Tem muita gente sofrendo, é uma comoção muito grande mas nós que somos da area de saúde, temos que ter uma postura de lidar com uma situação como essas”, destacou Leite.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também