Rio Branco, Acre,





Prefeita Socorro Neri inaugura Mercado Municipal Beatriz Lúcio Braña no Manoel Julião


A prefeita Socorro Neri disse que agora os permissionários passam a ter um local adequado e digno para trabalhar, gerar renda para suas famílias

ASCOM

Este sábado, 15 de junho, dia em que o Acre comemora 57 anos desde que deixou de ser território federal para se tornar um Estado brasileiro, foi de festa no bairro Manoel Julião. A comunidade compareceu em grande número para acompanhar a inauguração do Mercado Municipal Beatriz Lúcio Braña, realizada pela prefeita Socorro Neri. O espaço, uma reivindicação muito antiga dos moradores, vai abrigar feirantes, produtores familiares e pequenos comerciantes que até então trabalhavam nas ruas do bairro sem ponto fixo e nenhum conforto para vender seus produtos.

O investimento é de aproximadamente R$ 260 mil, são recursos do Ministério da Defesa obtidos por meio de emenda parlamentar do senador Sérgio Petecão. A área construída é de 576m², possui piso de concreto, estrutura e cobertura metálica, banheiros e estacionamento. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia) também realizou o paisagismo do local.

A prefeita Socorro Neri disse que agora os permissionários passam a ter um local adequado e digno para trabalhar, gerar renda para suas famílias, e a cidade de Rio Branco ganha não apenas um novo mercado, mas um ponto de interação social e que deve se tornar uma referência no bairro. “Nós acreditamos no sucesso desse empreendimento, os permissionários trarão bons produtos, certamente com preços razoáveis, e a comunidade vai valorizar, vindo aqui, comprando, fazendo bons negócios, movimentando a economia local, valorizando nossos produtores familiares”.

Dona Dulcinéia Mesquita, trabalha no Manoel Julião vendendo frutas, verduras e legumes há quase 20 anos, ela disse estar muito satisfeita com a infraestrutura do mercado e o conforto proporcionado para os trabalhadores. “O espaço é muito bacana, agora nós temos banheiro, local pra beber água, a rua aqui da frente foi recuperada, tem tudo pra dar certo. Agora a gente só espera a clientela aparecer pra conhecer o mercado e comprar nossos produtos”.

“Agradecemos muito a prefeita pela construção deste espaço, pela dedicação e compromisso com nós feirantes. Muita gente tava trabalhando de forma irregular e já se regularizou, isso é muito bom. Esse espaço é bom pra nós e também para a comunidade. Todos vão ficar melhor acolhidos”, disse seu José Carlos Oliveira, que comercializa farinha de coco, feijão, mel de cana, goma e outros produtos da agricultura familiar.

Para a feirante Marina Souza, o momento é para agradecer. De acordo com ela, agora todos os feirantes devem se mobilizar para transformar o Mercado Beatriz Lúcio Braña num ponto importante do bairro. Torná-lo conhecido não só pela comunidade do Manoel Julião, mas de toda a cidade. “Já faz tempo que a gente vem tentando ficar num lugar fixo e bom, agradável. Antes, a gente estava no meio da rua, expostos à muitas coisas. Então, claro que é melhor estar aqui, disso eu não tenho dúvida alguma”.

A dona de casa Elilda Pereira, moradora do Bloco C4 do Conjunto Manoel Julião, agora é vizinha do mercado, não perdeu tempo e logo cedo foi conhecer a nova obra do bairro. “Agora vai dar gosto fazer minha feirinha de todos os domingos, quando eu compro frutas, verduras, legumes e a farinha que não pode faltar, né? Tá muito bonito aqui. Eu agradeço a Prefeitura na pessoa da nossa prefeita Socorro Neri que olhou pelo nosso bairro”.

Quem também demonstrou estar bastante emocionado foi o presidente do bairro, Jordan Magno Araújo. “Isso aqui foi uma luta diária da gente, graças a Deus deu certo. É uma obra que vai trazer benefícios para o bairro e gerar emprego, o que é o mais importante nessa crise que estamos vivendo. É a realização de um sonho que foi abraçado pela prefeita Socorro Neri”.

A vereadora Lene Petecão esteve na inauguração do Mercado também representando o senador Sérgio Petecão. “A comunidade do Manoel Julião tem esse perfil, de ter suas coisas próprias, seus próprios espaços, e o mercado vem fortalecer isso. Vai ser um ambiente de encontro com as famílias. O senador Petecão acertou na disponibilidade da emenda que garantiu os recursos, e a prefeita executou a obra com carinho. Aqui pode ser um ambiente que a comunidade poderá usar de diversas formas: fazer um arraial, fazer diversas festas comunitárias. Enfim, fico bastante feliz quando vejo nossas autoridades unidas em benefício da população, mesmo que haja algumas divergências políticas. Parabéns ao senador, parabéns prefeita, parabéns para toda a população”.

“É uma obra que traz dignidade para os comerciantes e também para os usuários, nós que vamos vir aqui consumir. Comprando nossas hortaliças, verduras, frutas e tomando um bom café da manhã. A Prefeitura está de parabéns por tornar este mais um local de referência nesse bairro tão tradicional que é o Manoel Julião”, disse o vereador Rodrigo Forneck, líder da prefeita na Câmara.

Sobre a homenageada (In Memoriam)

Dona Beatriz Lúcio Braña, nasceu nos seringais do Amazonas, às margens do Rio Purus em 22 de novembro de 1924, contudo, sempre deixou claro que era acreana, por aqui ter crescido, casado e constituído família. Aos 40 anos se inscreveu no Movimento Brasileiro de Alfabetização (Mobral), para aprender a ler, escrever e fazer cálculos. Era um sonho ser alfabetizada. Mãe de 13 filhos, 7 mulheres e 6 homens, dona Beatriz, também conhecida como grande dama, era bastante engajada na defesa de melhorias e ações que envolviam a comunidade do bairro Manoel Julião, local onde ela morou e muitos de seus familiares vivem até hoje.

Filhos, netos e outros familiares dela estiveram hoje na inauguração do Mercado que recebeu seu nome. Uma escolha unânime dos moradores do Manoel Julião. “É uma honra pra gente da família Braña ter essa homenagem pra minha vó. Ela gostava muito desse bairro, ela amava o Manoel Julião. Ela sempre teve o sonho de morar aqui, e antes de conseguir construir uma casa, ela veio pra cá e alugou uma, porque ela gostava muito. Vários filhos e netos ainda moram aqui. Onde ela estiver com certeza ela está muito feliz com essa homenagem”, disse a professora Nara Braña, neta de dona Beatriz.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também