Rio Branco, Acre,


Acre receberá investimentos para ações de turismo e economia criativa

Durante o encontro, o coordenador da Câmara Técnica, Marcos Clay, deu boas notícias aos presentes

Sustentabilidade e biodiversidade aliadas ao desenvolvimento econômico e social. Este é o caminho que os membros da Câmara Técnica de Economia Criativa almejam para o Acre. E para avançar neste objetivo, o grupo esteve reunido nesta sexta-feira, 11 de outubro, na sede do Sebrae, para discutir ações para impulsionar o segmento no Estado.

Durante o encontro, o coordenador da Câmara Técnica, Marcos Clay, deu boas notícias aos presentes. Ele anunciou que o Sebrae/AC, em parceria com as câmaras de Turismo e Economia Criativa do Fórum de Desenvolvimento, obteve a aprovação de um projeto junto ao Sebrae Nacional, Ministério do Turismo e Embratur, que colocou a capital acreana como uma das 30 rotas de turismo no país. Com isso, Rio Branco receberá investimentos de R$ 700 mil para ações de turismo e economia criativa.

“O objetivo deste projeto é promover a transformação do destino Rio Branco por meio da convergência de investimentos públicos e privados, gerando possibilidades de surgimentos de novos pequenos negócios e fortalecimento das micro e pequenas empresas existentes, através da orientação de acesso ao crédito, estímulo da competitividade e inovação, promoção do destino com foco no aumento do fluxo do turismo nacional, geração de emprego, renda, inclusão social e ampliação de receitas”, detalhou Marcos Clay.

Estão previstas no projeto ações de inovação da oferta turística, jornada de negócios, realização de famtours com os principais players do mercado de turismo local, inserção produtiva, criação de agenda estratégica para o turismo, mapeamento de políticas públicas voltadas ao setor, capacitação empresarial e outras atividades. O projeto será lançado no Acre no mês de novembro com um seminário de turismo.

Fórum Permanente de Desenvolvimento do Acre – Articulação que reúne diferentes setores da sociedade com o intuito de debater e alinhar, coletivamente, estratégias para impulsionar o desenvolvimento local, e tem suas ações estruturadas a partir de dois eixos fundamentais: a criação de um Observatório do Desenvolvimento e a construção de Rotas Estratégicas para o desenvolvimento sustentável do Acre. Integram o Fórum a FIEAC, Fecomércio, FAEAC, Federacre, Sebrae/AC, Governo do Estado do Acre, Ufac, Ifac, Embrapa, IBGE, Amac, Banco do Brasil, Banco da Amazônia e Caixa Econômica Federal.

Observatório – Tem como proposta reunir informações estratégicas para o setor produtivo do Acre, avaliar o impacto de iniciativas empreendidas no estado, acompanhar o desempenho dos principais indicadores locais de desenvolvimento econômico, social e ambiental, e disponibilizar estudos sobre potencialidades e oportunidades de negócio no estado. A expectativa é de que esse trabalho contribua para a tomada de decisões, principalmente, de empresários, além de agentes públicos da esfera estadual e municipal, e da sociedade como um todo.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias