Rio Branco, Acre,


Governo federal declara emergência no RS e em SC por nuvem de gafanhotos

O estado de emergência entrou em vigor nas últimas horas e é válido por um ano

O governo federal, por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, declarou estado de emergência fitossanitária em áreas produtoras do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.

O motivo é o avanço de uma nuvem de gafanhotos que está entre a Argentina e o Uruguai e se aproxima da região sul do Brasil.

PUBLICIDADE

A medida foi publicada no Diário Oficial da União divulgado na madrugada de hoje. Segundo o texto, assinado pela ministra Tereza Cristina Correa da Costa Dias, será adotada uma “implementação do plano de supressão da praga e adoção de medidas emergenciais.”

O texto ainda cita o decreto 8.133 de 2013, que determina que o governo “poderá efetuar contratação de pessoal por tempo determinado para prestação de serviços eventuais nas ações de defesa agropecuária.”

O estado de emergência entrou em vigor nas últimas horas e é válido por um ano.

Ontem, o Ministério da Agricultura disse ter sido informado pelo Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Agroalimentar da Argentina (Senasa) que a nuvem de gafanhotos está se deslocando ao sul daquele país, em direção ao Uruguai, conforme a previsão inicial, e que é “pouco provável” que ela chegue ao Brasil.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

× Faça sua denúncia