Rio Branco, Acre,


Bocalom, de besta não tem nada e se mantém longe dos conflitos políticos dos últimos dias

A ida de Cameli para o PSDB reforça sua pré-candidatura e a dobradinha com Marfisa

Afinal ele assina?
O grande questionamento feito nesse final de semana pelos caciques de todos os partidos, incluindo nesse bojo, os de oposição é se realmente o governador Gladson Cameli vai se filiar ao PSDB ou se essa é mais uma estratégia ou bravata do chefe do executivo.

Apostas
Há, dentro do ninho Progressistas, até uma bolsa de apostas. Os mais apaixonados como Lívio Veras, não acreditam na desfiliação do governador e na possibilidade de debandada para o aconchego tucano.

PUBLICIDADE

Força política
A grande pergunta é sobre o poder de decisão do governador no suposto novo partido. Cameli tem peso de se filiar e manter seu apoio à prefeita Socorro Neri?

Rechaçou
O tucano e pré-candidato Minoru Kinpara rechaçou as declarações do governador, afirmou não se ver vice de Socorro Neri. Pelo tom, o ex-reitor já observou que em se tratando de política o jogo é bruto e tudo pode acontecer até o início das convenções a partir de 31 de agosto.

Tempo de construir
Para muitos especialistas em política e até os marqueteiros de plantão, o Palácio Rio Branco tem tempo para construir uma aliança forte com a nova nomenclatura. Aposta-se no poder de convencimento e na operação política que uma Minoru e Socorro Neri, sendo o PSB cabeça de chapa. A coligação ficaria forte com PSB, PSDB, PSL, DEM, SOLIDARIEDADE.

Divergindo
Em tempos de divergências e poucas convergências, o coronel Ulysses resolver colocar gasolina no fogo ao lançar-se por conta própria, pré-candidato a prefeito pelo PSL.

Fora de foco
Tião Bocalom, que de besta não tem nada, está fora de toda a contenda e sequer abre a boca para falar com a imprensa. A suposta ida de Cameli para o PSDB reforça sua pré-candidatura e a dobradinha com Marfisa Galvão.

Dobradinha
A ex-prefeita Toinha Vieira e a empresária Charlene Lima estão afinadíssimas na dobradinha visando as eleições em Sena Madureira. Elas planejam juntas as ações de pré-campanha, apostam na força da mulher.

Vagner mandou recado
O ex-prefeito Vagner Sales, MDB, aproveitou o circo pegando fogo para mandar seu recado de boas-vindas de Cameli ao PSDB. O que existe por trás das declarações do Leão do Juruá é o acordo entre MDB e PSDB na região.

Órfãos de pai
A situação do prefeito Ilderlei Cordeiro e mais quatro prefeitos que migraram aos 45 do Segundo Tempo para o Progressistas é complicada, caso o governador assine ficha de filiação com os tucanos. Isso é fato.

Fuxico digital
Pastor que foi para as redes sociais confrontar o Ministério Público teve vida intima exposta. Aquele velho ditado, quem diz o que quer, ouve o que não quer. Deve estar se explicando até agora.

Ameac
Pastor Paulo Machado garante que em entendimento com o governador Gladson Cameli, as igrejas permanecerão abertas. De fato não existe nenhum dado cientifico que justifique o retrocesso nesse setor.

De bem com os fãs
O goleiro Bruno, ex-flamengo, condenado, está de bem com a vida e com os fãs que se aglomeram em busca de um selfie. Ele e o empresário apostam em nova vida no Acre, embora, seu contrato seja apenas de um ano na terrinha.

Movimento
Advogado Hugo Conde, durante entrevista de rádio, disse uma verdade. A vinda do goleiro Bruno serviu para reativar o movimento feministra que andava meio que apagado.

Nada a ver
Atrelar a contratação do goleiro Bruno aos dados de feminicídio do estado é fora de padrão. Outra verdade nesse caso, Bruno está no Acre com respaldo das leis brandas do código penal brasileiro.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias