Rio Branco, Acre,


Imac já aplicou mais de R$ 6 milhões em multas ambientais apenas em agosto

Em todo o acumulado do ano foram mais de R$ 8 milhões de multas por queimadas e derrubada ilegal

O Instituto de Meio Ambiente do Acre (Imac) aplicou só em agosto mais de R$ 6 milhões em multas ambientais relacionadas a incêndios e derrubada ilegal de floresta.

O anúncio foi feito durante coletiva de imprensa para apresentação dos resultados parciais da Operação Focus 2, que visa coibir crimes contra o meio ambiente no estado.

PUBLICIDADE
Coletiva de imprensa nesta sexta apresentou dados da Operação Focus/Foto: ContilNet

A segunda fase da operação teve início no dia 5 de agosto e deve durar até o dia 11 de setembro, após o possível pico desses crimes ambientais.

Mais de 70 servidores públicos, entre agentes ambientais e policiais militares, fizeram parte da operação até aqui. Agora, integrarão as equipes o ICMBio, Imbama e a Força Nacional.

Quase 160 autos de infração foram emitidos nos primeiros 25 dias de operação. Foram fiscalizadas 87 propriedades. Onze pessoas chegaram a ser conduzidas à delegacia após flagrantes de delitos ambientais. A quantidade de madeira ilegal apreendida pelo Imac foi de 84m³. Já a PMAC apreendeu 101m³.

O presidente do Imac, André Hassem, espera que todos esses índices aumentem em setembro, historicamente o pior mês para práticas ilegais contra o meio ambiente.

“A maioria das queimadas não são em propriedades rurais, mas urbanas”, informou o gestor. Para ele, o Acre saiu na frente no trabalho de combate a esses crimes. “Se não tivéssemos agindo em campo desde cedo, o cenário estaria muito pior”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up