Rio Branco, Acre,


Artigo de pesquisadores do AC e AM identifica espécie de jacaré extinta há 8,5 milhões de anos

O material foi coletado em 1985, no rio Purus, sul do Amazonas, por pesquisadores da Ufac

Estudo sobre a identificação de uma nova espécie de jacaré, que viveu na Amazônia há 10 milhões de anos, liderado pelos pesquisadores Jonas de Souza Filho, do Laboratório de Pesquisas Paleontológicas da Ufac, e Lucy Gomes de Souza, do Museu da Amazônia, foi publicado, em inglês, na revista “Zootaxa” em 11 de novembro.

O material foi coletado em 1985, no rio Purus, sul do Amazonas, por pesquisadores da Ufac, e só agora, após estudo detalhado para confirmar que se tratava de uma nova descoberta, publicou-se o artigo científico; está sob guarda da Ufac, em seu Laboratório de Pesquisas Paleontológicas. Fragmento do lado direito de crânio, o fóssil, embora incompleto, apresenta dados necessários para reconhecimento da espécie, intitulada ‘Melanosuchus latrubesei’, que foi extinta cerca de 8,5 milhões de anos atrás, devido a mudanças climáticas.

“A descoberta da nova espécie é de interesse científico internacional, pois agrega novas informações sobre animais pré-históricos que habitaram o planeta no passado geológico”, disse Jonas de Souza Filho. “Regionalmente vai colaborar com o entendimento da evolução geológica e biológica da Amazônia, bem como entender as modificações climáticas ao longo do Quaternário.”

Foi descoberto que o crocodiliano tinha tamanho correspondente ao grande jacaré-açu; seus hábitos alimentares correspondiam a uma dieta baseada principalmente em peixes, répteis e mamíferos de pequeno a médio porte; seus dentes posteriores eram mais baixos e arredondados, facilitando a alimentação com animais mais duros, como tartarugas e crustáceos.

O desenvolvimento da pesquisa ocorreu por meio de parceria entre Ufac, Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, Museu da Amazônia, Universidades Federais do Rio de Janeiro, de São Carlos e de Minas Gerais.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up