30 C
Rio Branco
6 maio, 2021 2:17 pm

Com 260 mortes, abril foi o mês mais letal no Acre desde o início da pandemia

O Estado bateu recorde no número diário de mortes na quarta-feira (28), quando registrou 17 novos óbitos em 24 horas

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Por conta da pandemia do coronavírus, o mês de abril no Acre também foi preocupante para o Sistema Único de Saúde (SUS), como previam os especialistas.

Em 30 dias, 7.815 infecções foram contabilizadas, de acordo com o boletim epidemiológico da Secretaria Estadual de Saúde.

O estado bateu recorde no número diário de mortes na quarta-feira (28), quando registrou 17 novos óbitos em 24 horas. Do dia 1 até esta sexta-feira (30), 260 pessoas morreram por conta da doença fazendo de abril o mês mais letal para o Acre desde o início da pandemia, há mais de um ano.

A boa notícia é que, no mesmo período, o índice de pessoas curadas foi maior que o número pessoas infectadas. 9.101 pacientes receberam alta médica.

O percentual de leitos ocupados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) das duas regionais do Acre está em 78,3%.

Vacinação

121.520 pessoas já foram vacinadas contra o vírus em todo o Estado, sendo que 93.647 receberam a primeira dose, e 27.873 receberam as duas.

Pouco mais de 15% da população foi vacinada, é o que aponta a Sesacre.