23 C
Rio Branco
6 maio, 2021 8:54 pm

Irmão do empresário Roberto Moura morre de Covid-19; governador lamenta

"Canga", irmão do fundador do Grupo Recol, também já falecido, não resistiu à infecção por CovId-19

POR TIÃO MAIA, DO CONTILNET

O empresário Clealdo Matos de Moura, de 59 anos, conhecido como “Canga”, morreu na noite de sexta-feira (23), em São Paulo, vítima de Covid-19. O empresário deve ser sepultado na capital paulista neste sábado (24). O governador Gladson Cameli emitiu nota de pesar pelo falecimento de “Canga”, que era casado com uma prima do gestor.

“Canga” viajou em UTI aérea para São Paulo fazia duas semanas, numa tentativa desesperada de seus amigos e familiares em busca de salvação de sua vida, já que a Covid o havia atingido com uma de suas variações mais graves. Todo o esforço resultou inútil nas últimas horas.

“Canga” era irmão do falecido empresário Roberto Moura, morto em 2013, de infarto, fundador do Grupo Recol, um dos maiores grupos empresarias privados do Acre. “Canga” travava uma batalha judicial com o sobrinho Marcelo Moura, atual controlador do Grupo Recol, reivindicando diretos de propriedade.