30 C
Rio Branco
6 maio, 2021 1:58 pm

FIEAC faz visita técnica à BR-364 e irá elaborar relatório solicitando melhorias na rodovia

Além de técnicos da Federação das Indústrias, também participaram da visita técnica representantes do CREA-AC, Sinduscon, Deracre, CRC, Setacre, Sindigraf, Sindicer, Sindimineral, Sincepav, Sindisorvete e Sebrae

POR ASCOM

Preocupadas com as más condições de trafegabilidade da BR-364, no trecho entre Rio Branco e Cruzeiro do Sul, A FIEAC e instituições parceiras iniciaram na sexta-feira, 30 de abril, a 3ª visita técnica à rodovia. A comitiva, que encerrou a vistoria na tarde deste sábado, 1º de maio, irá elaborar um relatório que será encaminhado às autoridades competentes solicitando melhorias na rodovia.

Além de técnicos da Federação das Indústrias, também participaram da visita técnica representantes do CREA-AC, Sinduscon, Deracre, CRC, Setacre, Sindigraf, Sindicer, Sindimineral, Sincepav, Sindisorvete e Sebrae.

“O setor industrial está muito preocupado com a situação da BR-364. Por isso viemos com uma equipe técnica de engenheiros, representantes do CREA, Sincepav e de outras importantes instituições para fazermos um documento robusto sobre as condições da rodovia. Vamos reivindicar obras de manutenção e precisamos sensibilizar as autoridades competentes para que sejam adotadas todas as medidas necessárias”, afirma o vice-presidente da FIEAC, João Paulo Pereira, que liderou a comitiva.

Para a presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Acre (CREA-AC), Carmem Bastos Nardino, a visita técnica é de suma importância, sobretudo neste momento em que será inaugurada a ponte do Rio Madeira, integrando o Acre ao restante do país. “Atendemos o convite da FIEAC e viemos contribuir com o estudo que será feito dos pontos que precisam ser melhorados ao longo da rodovia. Essa BR é essencial para a região do Juruá e desenvolvimento do nosso estado”, ressalta a engenheira civil.

Coordenadora Institucional da FIEAC no Vale do Juruá, Janaina Terças acompanhou a comitiva desde Rio Branco até Cruzeiro do Sul. Ela diz que a situação da rodovia é crítica e necessita de intervenções urgentes. “São muitos pontos que precisam receber melhorias, em especial o trecho entre Sena Madureira e Feijó. Precisamos que a BR-364 tenha trafegabilidade e manutenção permanente o ano inteiro”, salienta a empresária.

Reginaldo Pontes, presidente do Sindicato da Indústria de Construção de Estradas, Pavimentação e Obras de Terraplenagem do Estado do Acre (Sincepav), garante que o relatório da visita poderá contribuir muito para nortear o trabalho das autoridades responsáveis pela manutenção da rodovia.

Já o presidente da FIEAC, José Adriano, enaltece a união das instituições participantes da visita técnica e enfatiza que trata-se de uma reivindicação “de todo o povo do estado do Acre, e não apenas para a região do Juruá ou municípios localizados ao longo da BR. Precisamos ter a recuperação dessa BR de forma satisfatória”.

Os vice-prefeitos de Sena Madureira, Gilberto Lira, e de Tarauacá, Raimundo Maranguape, receberam a comitiva durante a passagem por seus municípios e agradeceram às instituições por apoiarem uma demanda tão essencial para a integração do estado.