21.3 C
Rio Branco
23 junho, 2021 10:41 am

Marcio Bittar culpa Marina e “radicalismo ambiental” por acreanos pagarem conta de luz alta

Na ocasião, Bittar reforçou que, por conta das perspectivas ambientalistas, as hidrelétricas tomaram forma de "lâminas e fios d'água"

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

O senador Marcio Bittar (MDB/AC) usou as suas redes sociais nesta sexta-feira (29) para criticar mais uma vez a ambientalista e ex-ministra Marina Silva.

De acordo com ele, a conta de luz dos acreanos é uma das mais caras do mundo por conta de um “radicalismo ambiental” defendido pela ex-senadora, por ONGs e grandes corporações internacionais.

“Marina, ONGs e grandes corporações internacionais são um desserviço para a vida das pessoas”, comentou o político.

“Vão contra o desenvolvimento da Amazônia e atrasam a vida de quem vive na miséria e no absoluto isolamento graças às políticas da esquerda, que enriqueceu por décadas seu pequeno grupo”, continuou.

Na ocasião, Bittar reforçou que, por conta das perspectivas ambientalistas, as hidrelétricas tomaram forma de “lâminas e fios d’água”.

“Na maior parte do ano, a água baixa e as hidrelétricas ficam paradas. Quando você vai passar um linhão, que não tem quase tamanho nenhum, não pode entrar em reserva indígena, não atendendo, inclusive, a eles. Tem que fazer uma curva imensa. Esse radicalismo ambiental inaceitável nega aquilo que Deus nos deu: os recursos naturais para que a gente possa prosperar”, defendeu.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.