19.3 C
Rio Branco
19 junho, 2021 7:00 am

Após trans ser abordada por usar banheiro feminino, Bocalom vai receber ativistas LGBTs

POR LEANDRO CHAVES, DO CONTILNET

Ativistas LGBTs e simpatizantes serão recebidos pelo prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Progressistas), na tarde desta quinta-feira (10), para tratar de episódio envolvendo uma mulher transexual que foi repreendida por um servidor por usar o banheiro feminino no prédio do Executivo municipal.

Jullyana Correia teria sido orientada pelo funcionário a utilizar o banheiro voltado a pessoas com deficiência. O episódio aconteceu na manhã de terça (8) e teve grande repercussão nas redes.

Manifestantes estiveram em frente ao prédio da Prefeitura na tarde desta quarta/Foto: ascom

Militantes haviam marcado uma manifestação em frente à prefeitura na tarde desta quarta (9), porém recuaram após o convite do prefeito para a reunião de quinta. Mesmo assim, um grupo de cerca de 40 pessoas se concentrou na Praça da Revolução e debateu sobre a importância de reivindicar os direitos de pessoas trans a utilizarem os banheiros conforme a sua identidade de gênero, como determina o Supremo Tribunal Federal (STF).

A vítima não compareceu ao ato, pois estava na delegacia prestando queixa da violência sofrida. Porém, foi representada no movimento pela irmã.

Até o momento, a prefeitura não se manifestou de forma oficial, em seus canais, sobre o caso, que será investigado como possível crime de LGBTfobia. À imprensa, a prefeitura vem tratando a questão como “mal entendido”.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.