20.3 C
Rio Branco
25 julho, 2021 7:15 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

CG-MS esgota doses em dois dias e neste domingo não haverá vacinação

Foram 32.512 pessoas vacinadas em Campo Grande nos últimos dias

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – Neste domingo (27) não haverá vacinação contra a Covid-19 na Capital de Mato Grosso do Sul. A prefeitura de Campo Grande correu tanto, que esgotou as doses nos últimos dois dias. A cidade vacinou quase 33 mil pessoas e acabou com todo estoque disponível, que havia chegado na quinta-feira. A Capital já ficou sem dose e sem vacinar por cinco dias, de 13 a 17 deste mês, por não receber o imunizante do Ministério da Saúde.

Para dar andamento a imunização da população, que estava ontem, já nos 43 anos pela faixa etária de idade e a grupos prioritários, que já chegam de 18 a 25 anos, será preciso ver quando chegará nova remessa. A previsão é de que o calendário seja retomado na segunda (28), mas exclusivamente para aplicação da segunda dose.

Na quinta-feira (24), o município recebeu aproximadamente 33,9 mil doses de vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde, sendo 15,6 mil Coronavac, 12,1 mil Pfizer e 6,2 mil. As doses foram empregadas na retomada da vacinação dos públicos prioritários, da população em geral por faixa-etária e de quem estava com a segunda dose em atraso.

Conforme o Vacinometro da Sesau, de quinta (24) a sábado (26), foram 32.512 pessoas vacinadas. Somente na sexta (25), 14.017 campo-grandenses receberam a primeira ou segunda dose da vacina contra a Covid-19. É o segundo maior número de vacinados já registrado em um único dia. O recorde é de 17.543 doses aplicadas, no dia 18 de maio.
Totais
De 19 de janeiro, início da vacinação emergencial contra a Covid-19, até agora, 26 de junho, foram aplicadas mais de meio milhão de doses de vacinas. Cerca de 375 mil pessoas tomaram a primeira dose, o que representa 41% de toda a população da Capital. Destas, aproximadamente 162,7 mil receberam a dose de reforço.

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) planeja retomar exclusivamente a aplicação da segunda dose na próxima semana com a utilização de doses residuais de lotes anteriores reservados para este fim. O município deverá aguardar uma nova remessa de imunizantes para reabrir o calendário de vacinação com a primeira dose.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.