27.3 C
Rio Branco
22 julho, 2021 12:00 pm

Diocese decide suspender convênio com o governo para manter Casa Souza Araújo

POR REDAÇÃO CONTILNET

A Diocese de Rio Branco decidiu encerrar o as tratativas com o Governo do Estado sobre o convênio com a Casa de Acolhida Souza Araújo, em Rio Branco.

O espaço que cuida de ex-hansenianos está há 3 meses sem assistência e repasse. Até a energia elétrica foi cortada.

A dívida com a Energisa, os fornecedores e os funcionários da casa chega a R$ 1 milhão.

“Portanto, por esse e muitos outros motivos, as Obras Sociais da Diocese de Rio Branco decidiram encerrar essas tratativas e negociações, informando à Secretaria de Saúde do Estado do Acre que não será firmado um novo convênio por nossa parte”, diz parte de um comunicado lançado pela Diocese.

No documento, a igreja diz que as tentativas foram feitas aos troncos e barrancos.

“É com profundo pesar que entendemos não ser do interesse do governo do estado do Acre a assistência e cuidado com as pessoas portadoras de hanseníase. E não é nosso interesse travar uma batalha contra o atual governo”, continua.

Confira a nota 

Diocese divulgou um comunicado sobre o fim do convênio de 55 anos com o governo — Foto: Reprodução

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.