20.3 C
Rio Branco
29 julho 2021 11:35 am

Roberto Duarte diz que extinta FPA dá as cartas no governo Gladson, “como se o PT ainda tivesse no poder”

Acusação gerou bate-boca entre os deputados Jonas Lima e Roberto Duarte, que se acusam mutuamente por causa de suas siglas partidárias

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Os deputados Jonas Lima (PT) e Roberto Duarte (MDB) bateram boca na sessão remota da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (07), por questões partidárias. Ao criticar o atual Governo no Estado, Duarte disse que a administração de Gladson Cameli está cada vez mais parecida com a do governo passado, de Tião Viana, com membros da extinta Frente Popular do Acre (FPA), dando as cartas como se o PT ainda estivesse no poder.

O deputado justificou sua afirmação apontando o líder do Governo, deputado Pedro Longo (PV), a secretária de Educação Socoro Neri (PSB) e secretário-adjunto de Educação Moisés Diniz (Solidariedade) – todos ex-integrantes da Frente Popular e aliados do último governo petista -, como as caras petistas da administração de Gladson Cameli.

Ao falar no tempo das explicações pessoais, o deputado Jonas Lima, mesmo um parlamentar prestes a se aposentar da política, como o próprio já anunciou, fez uma defesa apaixonada do petismo. Segundo ele, houve erros, sim, na administração da Frente Popular, principalmente na última, “já que a população resolveu nos tirar do poDer”. Mas, segundo o deputado, houve avanços e os nomes que hoje integram o governo de Gladson Cameli são técnicos competentes e capazes, que trabalhariam em qualquer governo”.

De acordo com Jonas Lima, Roebrto Duarte volta ao debate partidário falando em independência para esconder que ele, enquanto membro do MDB, faz parte do governo. “Seu Partido, deputado, é a base do governo Gladfson Cameli e é responsável por eventuais erros que venha a ocorrer neste Governo”, disse.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.