34.3 C
Rio Branco
28 setembro 2021 5:36 pm

Galvão Bueno diz que amizade com Felipão acabou após o 7 x 1

Em entrevista, narrador disse que relação com o treinador da Seleção Brasileira em 2014 ficou estremecida após a dura derrota no Brasil

POR METRÓPOLES

Última atualização em 24/08/2021 08:35

Galvão Bueno revelou que não tem mais contato com Luis Felipe Scolari após a derrota de 7 x 1 para a Alemanha, na Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Em entrevista ao site Notícias da TV, o narrador da TV Globo falou sobre vários assuntos, e entre eles, Felipão. Segundo Galvão, os dois pararam de se falar após o editorial que o radialista teve que fazer após a dura derrota em solo brasileiro.

“Acho que hoje está mais no campo da lenda. Terminado o jogo, cabia a mim fazer um editorial. Posso dizer que foi feito a oito mãos, mas cabia a mim dar a nossa opinião naquilo que nós entendíamos que tinha acontecido. E o Felipão, claro, estava machucado com tudo o que aconteceu. Um profissional vencedor, um campeão do mundo com o Brasil, com trabalhos internacionais excepcionais. Um grande vitorioso por quem tenho muito respeito. Nunca tive uma amizade de frequentar a casa um do outro. Mas nos dávamos bem, tínhamos conversas boas em alguns jantares”, lembrou o narrador.

“Mas ele disse que apontei o dedo para ele. Que apontei e joguei a torcida brasileira contra ele. Não foi isso que aconteceu. E de lá para cá, na verdade, não voltamos a falar. Mas acho que isso já está superado. A vida traz essas coisas, e depois o tempo acaba ajeitando. Quando as pessoas são razoáveis e inteligentes, como é o caso dele e imagino, modestamente, que seja o meu, as coisas se ajeitam”, finalizou.

Na entrevista, Galvão falou também sobre os planos para o futuro, como narrar a Copa de 2022 e o sucesso nas redes sociais durante as Olimpíadas de Tóquio.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.