22.3 C
Rio Branco
24 setembro 2021 3:51 am

PERIGO: Criminoso invade sede do Samu e ameaça socorristas em Rio Branco

POR ITHAMAR SOUZA, DO CONTILNET

Última atualização em 23/08/2021 05:48

Um criminoso ainda não identificado invadiu a sede do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) na madrugada deste domingo (22).

Segundo informações dos socorristas que estavam de plantão, o criminoso chegou por volta de 1h da madrugada, totalmente alucinado, transtornado e armado com uma faca e uma pedra. Os socorristas que haviam acabado de chegar de uma ocorrência chegaram a abordar o bandido na entrada do prédio, mas não puderam fazer nada, pois o mesmo estava com uma faca em punho ameaçando os funcionários do local.

O meliante ainda conseguiu chegar até próximo a sala onde fica todos os motoristas, enfermeiros e técnicos de enfermagem. Ao perceber o perigo do bandido chegar até os dormitórios dos trabalhadores que já estavam em repouso, os companheiros reagiram e conseguiram expulsar o criminoso.

Como a sede do Samu também não possuí mais segurança armada, devido o contrato da Sesacre ter se encerrado, os trabalhadores expõem o medo e a preocupação com a segurança no seu local de trabalho.

Um dos condutores foi mais enfático em afirmar que a situação é uma “tragédia anunciada”, pois a qualquer momento a sede pode voltar a ser invadida e uma tragédia pode acontecer. Como o mesmo citou, “digamos que o atendimento de alguma pessoa for negado, por questão de logística, ou seja, não tenha viatura ou socorristas para atender, e esse paciente venha a morrer, e o parente venha tentar matar um de nós? Quem vai se responsabilizar por nossas vidas? Quem vai sustentar nossas famílias? A pior sensação é trabalhar com medo, é justamente o que estamos sentindo nesse momento. Além dos riscos das ruas, agora estamos correndo o risco dentro do nosso local de trabalho.”

Outras invasões

Durante a semana passada, três unidades de saúde foram invadidas na mesma região.

Na noite de quinta-feira (19), bandidos invadiram o pronto-socorro de Rio Branco e foram até a cozinha onde tiveram acesso às comidas. Os meliantes comeram e em seguida fugiram do local. Quando a Polícia Militar chegou ao local, ninguém foi encontrado e ninguém foi preso.

Vale ressaltar que, nessa ação, os funcionários da cozinha tiveram que refazer toda alimentação, pois como a comida foi mexida, os cozinheiros tiveram que descartar os alimentos já cozidos e fazer outra comida, devido o risco de infecção.

Na noite desta sexta-feira (20) foram registrados disparos de arma de fogo em frente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Segundo Distrito, e nessa ocorrência ninguém ficou ferido. A polícia foi acionada, mas ninguém chegou a ser preso.

Na madrugada de sábado (21), o Hospital da Criança foi alvo de invasão. Criminosos conseguiram entrar na unidade de saúde por volta das 5h e acabaram levando algumas TVs.

Fotos: ContilNet

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.