24.3 C
Rio Branco
22 setembro 2021 3:21 am

Pedro Longo comemora integração de servidores do Igesac à Sesacre e parabeniza Gladson por investimentos em Educação

POR ASCOM

Última atualização em 01/09/2021 18:17

O deputado Pedro Longo aproveitou a sessão desta quarta-feira (1) na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) para comemorar a aprovação do projeto de lei que extingue o Instituto de Gestão de Saúde do Acre (Igesac) e permite a integração dos mais de 900 servidores ao quadro da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), como iniciativa do governador Gladson Cameli.

“Uma vitória para os trabalhadores. Essa foi a decisão mais assertiva e acertada para não prejudicá-los. O governador Gladson Cameli sempre teve como prioridade a preservação dos empregos e essa casa optou pelo melhor caminho”, argumentou o líder do governo.

O processo de extinção do Igesac será feito de forma gradativa, garantiu o parlamentar, por conta das dívidas trabalhistas e questões burocráticas envolvidas, mas a incorporação ao quadro do Estado será imediata.

“Não será de imediato, mas processual, para darmos conta de todas as demandas ligadas a esse processo”, concluiu.

Outra questão também abordada pelo político em seu discurso tem a ver com a aprovação de outro PL, também de iniciativa do governo, que beneficia os profissionais da Educação com parcela única de até R$ 4.500 para aquisição de computador e R$1.800,00 para pagamento do plano de internet.

Serão creditados em até 18 parcelas, sendo a primeira referente ao mês de julho de 2021 e a última a ser paga até 31 de dezembro deste ano. O investimento chega ao total de R$ 55 milhões.

“Parabenizo aqui o governador por essa iniciativa, a secretária Socorro Neri pela flexibilidade na forma como tratou as pautas com os sindicatos da Educação e os demais deputados por aprovarem o PL que beneficia os nossos profissionais que foram tão prejudicados nessa pandemia do novo coronavírus”, finalizou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.