34.4 C
Rio Branco
13 outubro 2021 7:03 pm

Nego do Borel é encontrado pela polícia em motel com duas mulheres no Rio

Cantor estava desaparecido deste a tarde de segunda-feira (4/10). Delegacia da Descoberta de Paradeiros confirmou que funkeiro reapareceu

POR METRÓPOLES

Última atualização em 05/10/2021 10:59

Policiais da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) encontraram o cantor Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, de 29 anos, na manhã desta terça-feira (5/10). O funkeiro estava em um motel com duas mulheres em Vila Isabel, zona norte do Rio de Janeiro.

O cantor está sendo levado para prestar depoimento na unidade, localizada na Cidade da Polícia, no Jacarezinho. A mãe dele, Roseli Viana Pereira, estava na DDPA do Rio para detalhar as circunstâncias que envolviam o desaparecimento do funkeiro.

Segundo a mãe, Nego do Borel saiu da casa onde mora, no Recreio dos Bandeirantes, sem indicar para onde iria.

O desaparecimento do artista foi registrado pela mãe dele na delegacia 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), na tarde desta segunda-feira (4/10). O funkeiro estava deprimido por ter sido expulso do programa A Fazenda 13 sob a acusação de estupro. A mãe do artista também está na delegacia.
Mobilização da polícia

Desde que a mãe do cantor registrou o desaparecimento, a polícia se mobilizou para encontrá-lo. Segundo a mãe, Nego do Borel vinha apresentando comportamento depressivo e chegou a ligar para amigos para se despedir.

Os investigadores da DDPA chegaram a fazer buscas em possíveis locais em que o cantor possa estar, assim como agentes das delegacias do Recreio e de Mangaratiba, que caçam o funkeiro em Itacuruça, na Costa Verde, onde o cantor mantém uma lancha.

Há quatro dias, Nego do Borel postou em redes sociais que estava cansado de polêmicas e que iria “morar com os peixes”. A marina local foi vasculhada pela polícia na manhã desta terça-feira (5/10).

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.