19.3 C
Rio Branco
17 maio 2022 6:00 am

Guedes defende aumento a servidor federal: “Eleitoralmente factível”

Ministro da Economia disse que reajuste linear para todos os servidores federais deve ser anunciado em breve

POR METRÓPOLES

Última atualização em 22/04/2022 16:17

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse, nesta sexta-feira (22/04), que o governo se decidiu por dar um reajuste linear, que deve ser de 5%, a todos os servidores federais, por questões ligadas à legislação eleitoral e à proximidade do pleito.

Em entrevista coletiva concedida nos Estados Unidos, onde cumpre agenda nesta semana, Guedes disse que o anúncio sobre o aumento deve sair “em breve”, e não quis bater o martelo, mas citou o dia 1º de julho como um exemplo.

“O pleito [dos servidores por reajuste] num ano eleitoral não pode ser satisfeito com facilidade, porque isso é visto, pela lei eleitoral, como se fosse favorecimento específico a uma categoria, e, portanto, uma tentativa de buscar votos numa categoria específica”, afirmou o ministro. “O que a lei eleitoral permite é que haja aumentos lineares, não diferenciados, e que possam tratar apenas da reposição no ano”, explicou ele, para justificar o percentual que o governo deve oferecer, mas que está sendo considerado baixo por muitos sindicatos.

“Não pode dar aumento de 40% porque está há três anos atrasado. O que pode é pegar a inflação acumulada naquele período do ano. Então, se der [aumento] em 1º de julho, pode dar até o limite daquele número da inflação, que deve ser 5%”, disse o economista.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 5.900 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.