33.3 C
Rio Branco
17 agosto 2022 11:30 am

Morre dependente químico baleado ao agredir irmão cadeirante em Rio Branco

POR TIÃO MAIA, PARA CONTILNET

Última atualização em 20/07/2022 15:49

O homem alvejado por im tiro disparado por um policial militar ao resistir à prisão, Antônio Bezerra Rodrigues, de 32 anos, morreu na manhã desta quata-feira (20), em Rio Branco. A informação foi dada pelo médico Antônio Castro, que atendeu a ocorrência na qual o homem, um dependente quimico, havia se envolvido.

Ele se envolveu com a Polícia Militar durante uma ocorrência numa residência do bairro Montanhês, na terça-feira (29). A PM foi chamada para atender uma ocorrência em que havia a denuncia de que Antonio agredia e ameaçava um irmão, portador de necessidades especiais e cadeirante.

Quando os militares chegaram ao local, a situação agravou e ficou ainda mais tensa porque o homem, além de resistir à prisão, passou a ameacar os policiais. Ele portava uma espécie de escopeta, uma arma de fabricação caseira.

Um dis militares do grupo que atendeu a ocorrência, cuja identidade é mantida em sigilo pela corporação, disparou contra o homem, atingindo-o com um tiro no estômago. Ferido, ele foi socorrido por ambulância do Samu e levado para o Pronto-Socorro do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco.

Quando estava sendo preparado pelo servico médico para uma cirurgia para a retirada da bala, não resistiu e morreu na mesa de operação.
.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.